linkaki

Mourão joga pá de cal na demissão e diz que Mandetta "segue no combate. Ele fica"



A permanência do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, no comando da pasta foi decidida numa reunião nesta segunda-feira, 06, no final da tarde no Palácio do Planalto. Estiveram presentes os generais Braga Netto, Luiz Ramos, Fernando Azevedo e Silva e o almirante Flávio Rocha, que, apesar da disposição demonstrada por Bolsonaro, firmaram posição contra a demissão de Mandetta.

O vice-presidente Hamilton Mourão confirmou ao blog da jornalista Adréia Sadi, no G1, "que a reunião que contou com ministros e com o presidente Jair Bolsonaro tratou de cenários futuros para flexibilizar o isolamento, e disse que Luiz Henrique Mandetta segue no Ministério da Saúde.

“Mandetta segue no combate, ele fica. Tratamentos de cenários, como a flexibilização do isolamento, no futuro”.

Com informações do G1

Informe seu Email para receber notícias :