linkaki

Bolsonaro dá rasteira em Moro e exonera diretor-geral da Polícia Federal



Contrariando um acordo que havia sido ventilado ontem sobre a permanência do ministro da Justiça Sérgio Moro em seu governo, o presidente Jair Bolsonaro exonerou o diretor-geral da Polícia Federal, Mauricio Valeixo.

A exoneração do braço direito de Moro na PF desde os tempos da Lava Jato já foi publicada no Diário Oficial. Moro havia concordado em costurar uma saída honrosa para seu homem de confiança da PF e acreditava ainda que poderia indicar um sucessor de Valeixo para o cargo. A solução da crise que teve início ontem estava prevista para esta sexta-feira, 24, mas Moro foi pego de surpresa com a exoneração de Valeixo ainda na madrugada.

Associações de delegados da PF repudiaram a manobra que levou à exoneração de Valeixo, um dos nomes mais respeitados na instituição. Bastidores de Brasília dão conta de que houve interferência dos filhos do presidente na derrubada de Valeixo e na consequente desestabilização de Moro no governo. 

Informe seu Email para receber notícias :