linkaki

Moro se descola de Bolsonaro na crise e recomenda: “Prudência no momento é fundamental”



O ministro da Justiça, Sérgio Moro, tem sido alvo de descontentamento nas redes sociais por parte de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Em meio à crise do coronavírus e ao comportamento errático de seu superior, Moro, aparentemente, tem tentado se descolar da figura de Bolsonaro e compartilhado as preocupações de autoridades sobre os riscos oferecidos pelo descaso com a covid-19.

As redes sociais funcionam como um termômetro das relações do governo com seus ministros e com a população, de modo geral. Moro já estaria sofrendo pressão nos bastidores para abraçar o discurso de Bolsonaro. No entanto, nesta segunda-feira, o ministro da Justiça fez a seguinte recomendação em seu perfil no Twitter: “Prudência no momento é fundamental”.

A frase foi publicada junto com um artigo do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), publicado no jornal O Globo, em que faz um apelo aos magistrados dizendo que “é hora de ouvir a Ciência.” Moro fez questão de destacar um trecho do texto de Fux: “Está na ordem do dia a virtude passiva dos juízes e a humildade de reconhecer, em muitos casos, a ausência de expertise em relação à covid -19”, numa clara referência aos que se manifestam por achismos, sem qualquer embasamento científico sobre o vírus.

Grupos de WhatsApp bolsonaristas começam a manifestar descontentamento com Moro. Circulam nestes grupos pelo menos três imagens que ilustram bem a reação dos apoiadores de Bolsonaro em relação ao ministro da Justiça. Na primeira foto, Moro está com uma máscara na boca. Na segunda, a proteção cobre os olhos. Na terceira, duas máscaras tapam os ouvidos. 

Informe seu Email para receber notícias :