linkaki

Sérgio Cabral faz novo depoimento bomba. Condenado a 200 anos de prisão mira no Ministério Público e no Judiciário



O ex-governador Sérgio Cabral (MDB) prestou um novo depoimento nesta quinta-feira, 02 na Justiça do Rio de Janeiro e apontou sua artilharia contra o Ministério Público e o Judiciário. Condenado a quase 200 anos de prisão, Cabral dá inicio a nova fase 'língua nos dentes'. O sujeito é um arquivo vivo sobre esquemas de corrupção e tem ainda muito a revelar, caso não vislumbre a possibilidade de ser ver livre da cadeia num futuro próximo.

Cabral afirmou que pagou propina para o ex-procurador Claudio Lopes, ex-chefe do Ministério Público do Rio, o ex-procurador Marfan Vieira e citou outros nomes. Cabral também citou tráfico de influência entre os citados e membros do judiciário. Ainda segundo o ex-governador do Rio, membros do Ministério Público teriam atuado para arquivar uma investigação que ficou conhecida como a "Farra do Guardanapo". A defesa de Lopos e de Marfan Vieira refutaram as acusações de Cabral.

Neste novo depoimento ao juiz da Lava Jato, Marcelo Bretas, Cabral teria apresentado apenas alguns aperitivos do que estaria disposto a revelar nos próximos depoimentos. Aos 56 anos, poucos acreditam que o político esteja disposto a passar o resto da vida na cadeia.  

Informe seu Email para receber notícias :