linkaki

Santos Cruz bate de frente com Bolsonaro após proibição de comercial do Banco do Brasil



O general Carlos Alberto dos Santos Cruz, ministro da Secretaria de Governo, órgão responsável pela Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom), resolveu bater de frente com o presidente Jair Bolsonaro após a proibição de um comercial do Banco do Brasil. Além da suspensão da publicidade do banco, que é uma empresa de economia mista, o Palácio do Planalto havia determinado que todo o material de propaganda da administração pública, incluindo o das estatais, passasse por análise prévia da pasta.

Logo em seguida, no mesmo dia, o general Santos Cruz emitiu nota dizendo que a medida fere a Lei das Estatais, “pois não cabe à administração direta intervir no conteúdo da publicidade estritamente mercadológica das empresas estatais”.  O general emitiu nota dizendo que a medida fere a Lei das Estatais, “pois não cabe à administração direta intervir no conteúdo da publicidade estritamente mercadológica das empresas estatais”.

Estrelado por atores jovens, a peça foi encomendada pelo presidente do BB, Rubem Novaes, à agência WMcCann, uma das maiores do mundo, e teria custado R$ 17 milhões. A peça tinha como alvo o público jovem, disputado pelas Fintechs,  empresas Startups que atuam no sistema financeiro com custos operacionais muito menores que os das instituições tradicionais do setor.

O general disse ao  O Globo que a decisão da Secretaria de Comunicação do Planalto de interferir na publicidade de estatais “não tem validade” porque fere normas do próprio governo.

“Não observou estritamente o que diz na legislação, não tem validade”, ratificou o general.

Segundo o Estadão, "O caso expõe o confronto entre o novo chefe da Secom, Fábio Wajngarten, e Santos Cruz. O empresário, que assumiu a secretaria há duas semanas, é próximo do vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, e sua nomeação foi comemorada nas redes sociais pelo escritor Olavo de Carvalho, guru do bolsonarismo"

Informe seu Email para receber notícias :