linkaki

Presos 10 militares que fuzilaram carro com família no Rio e mataram músico

As cinco pessoas que estavam no carro iam para um chá de bebê:
 pai, mãe, uma criança de 7 anos, o sogro e uma mulher


Foram presos dez dos doze militares que participaram da desastrosa ação que culminou na morte do músico Evaldo dos Santos Rosa na Estrada do Camboatá, zona norte do Rio. O Comando Militar do Leste (CML) confirmou na manhã desta segunda-feira (8), a detenção dos militares, que foram ouvidos após a ação do Exército, na qual um carro com uma família foi alvejado por mais de 80 tiros. Segundo a Polícia Civil, "tudo indica" que o veículo foi confundido com o de criminosos.

Leonardo Salgado, delegado da Divisão de Homicídios da Polícia Civil, esteve no local para realizar a perícia. Ele disse que havia indícios para uma prisão em flagrante.

"Foram diversos, diversos disparos de arma de fogo efetuados, e tudo indica que os militares realmente confundiram o veículo com um veículo de bandidos. Mas neste veículo estava uma família. Não foi encontrada nenhuma arma [no carro]. Tudo que foi apurado era que realmente era uma família normal, de bem, que acabou sendo vítima dos militares", afirmou o delegado em entrevista à TV Globo.

Informe seu Email para receber notícias :