linkaki

Janaina Paschoal desafia Bolsonaro: E agora, Presidente? Exijo a demissão do Ministro!



A deputada estadual Janaina Paschoal exigiu que o presidente Jair Bolsonaro demita o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, após a denúncia da A deputada federal Alê Silva (PSL-MG), que denunciou a existência de esquema de candidaturas de laranjas em Minas Gerais comandado por Marcelo.

A deputada federal prestou depoimento espontâneo à Polícia Federal em Brasília, na quarta (10), ocasião em que solicitou proteção policial  e afirmou ter recebido a informação de que o ministro do Turismo a ameaçou de morte em uma reunião com correligionários, no fim de março, em Belo Horizonte.

Por meio de seu perfil no Twitter, a deputada estadual Janaina Paschoal exigiu a demissão do ministro e desafiou Bolsonaro a tomar uma providência imediatamente.

"Todo meu apoio à Deputada Federal Alê Silva. E agora, Presidente? O Ministro do Turismo fica? A Deputada Federal eleita também estaria mentindo? Exijo a demissão do Ministro! Não tem que esperar conclusão de inquérito nenhum!", exigiu a jurista.

Em outra postagem, a deputada destacou: "Telefonei para a Deputada, que não para de chorar! Como é que pode uma situação dessas e o Presidente não tomar providências? Não pode! O afastamento do Ministro não implicará atribuição de culpa, apenas um sinal de que o Presidente se importa com as mulheres de seu partido".


Nos bastidores, afirma-se que Bolsonaro estaria resistindo a demissão do ministro apenas para não 'dar o gostinho' à Folha, o primeiro órgão de imprensa a denunciar o suposto esquema de laranjal que seria comandado por Marcelo Alvaro Antonio em Minas Gerais. A situação do ministro pode se tornar insustentável após a denúncia da deputada federal Alê Silva (PSL-MG) e da pressão exercida publicamente pela deputada Janaina Paschoal.

Informe seu Email para receber notícias :