linkaki

Governo mantém 8 servidores à serviço de Lula ao custo de R$ 50 mil/mês ao contribuinte. 7 são militares



O governo do presidente Jair Bolsonaro está mantendo uma despesa mensal de cerca de R$ 50 mil todo mês para bancar os 8 servidores que prestam serviço ao ex-presidente Lula, mesmo com o petista na cadeia.

Entre os oito servidores de Lula, sete são militares, com patentes de sargento a capitão, que recebem remuneração extra por causa da função comissionada. Foram escolhidos por livre nomeação do pelo próprio Lula e prestam serviços ao presidiário como assessoria e segurança.

A mordomia tem sido questionada na Justiça Federal, e o Ministério Público defende a redução desses benefícios em virtude da prisão. Assim como os outros cinco ex-presidentes da República vivos, Lula tem direito vitalício a quatro seguranças, dois motoristas, dois carros oficiais à disposição e dois assessores.

Além das despesas que seu staff formado quase que integralmente por militares, o contribuinte ainda arca com um custo de cerca de R$ 10 mil por dia com a manutenção do petista preso em Curitiba. Como Lula já está preso há mais de 11 meses, sua prisão já custou ao contribuinte mais de R$ 3 milhões. 

Informe seu Email para receber notícias :