linkaki

História de que Dataprev não consegue “gerar o arquivo” referente à aposentadoria de Lula não convenceu ninguém



A informação de que o Dataprev não consegue “gerar o arquivo” referente à aposentadoria de Lula, a partir da base de dados de pensões pagas pelo INSS não convenceu. Matéria divulgada pela ISTOÉ esta semana mostra que o ex-presidente Lula aparece como beneficiário de um valor de R$56,7 mil de ‘aposentadoria de anistiado’.

Os dados contidos nos Relatórios internos da Comissão da Anistia sobre indenizações da ditadura militar revelados pela publicação evidenciaram a existência de um processo de “Concessão de Aposentadoria Especial de Anistiado” no valor de R$56,7 mil em favor de Lula. As indenizações políticas com dinheiro do contribuinte saltaram nos primeiros anos do governo Lula, de 6,6 mil beneficiados antes de 2013, para 39,3 mil contemplados até 2018, segundo a revista.

As informações reveladas em reportagem da revista IstoÉ revelaram a existência de uma “farra das indenizações” liderada pelo Partido dos Trabalhadores, que também favorecem com pensão de R$ 10,7 mil a ex-presidente cassada Dilma Rousseff; e com indenizações de R$ 66 mil para o ex-ministro dos escândalos do mensalão e petrolão, José Dirceu, de R$ 100 mil para José Genoíno.

Segundo a reportagem de Rudolfo Lago, uma caixa-preta esconde o detalhamento sobre a ação em exame pela Comissão Nacional de Anistia. A Dataprev informa que não consegue “gerar o arquivo” referente à aposentadoria de Lula, a partir da base de dados de pensões pagas pelo INSS.

“Há uma grande confusão e informações desencontradas a respeito do que foi concedido de indenizações durante os anos que o PT esteve no poder. Nós vamos identificando as distorções para organizar isso tudo e fazer revisões nos  critérios. Vou mexer nessa caixinha das indenizações políticas”, prometeu  a ministra da Mulher,  Família e Direitos Humanos, Damares Alves,, em entrevista à IstoÉ.

A assessoria de Lula confirmou à IstoÉ que o ex-presidente apenado possui a pensão referente à cassação dos seus direitos sindicais, mas disse não saber o valor. (Com informações da IstoÉ)

Informe seu Email para receber notícias :