linkaki

Cúmplices da sacanagem. 'Funcionários de João de Deus tinham conhecimento de abusos', diz MP



O Globo informa neste fim de semana que, segundo o Ministério Público de São Paulo, funcionários de João de Deus tinham conhecimento de abusos' sexuais praticados pelo médium contra centenas de vítimas.

Segundo a publicação, "Pelo menos dez mulheres ouvidas pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) afirmaram que um grupo de funcionários do médium João de Deus era conivente com os abusos sexuais cometidos durantes as sessões espirituais em Abadiânia, Goiás".

Os eventuais cúmplices que forem identificados no curso das investigações podem ser penalizados. "Em tese, o Código Penal prevê penalidades também para quem participa ou coopera com qualquer tipo de crime, na medida de sua culpabilidade. A teoria é citada no artigo 29, que trata do "concurso de pessoas", diz a publicação.

Com informações de O GLOBO

Informe seu Email para receber notícias :