linkaki

Cinicamente, Jornalista da Band coloca em dúvida relatos de vítimas do tarado João do pênis



A fala do âncora do Jornal da Noite da Band, Fábio Pannuncio na edição edição desta segunda-feira (17), causou indignação não apenas entre as mulheres, mas em qualquer cidadão minimamente decente. O jornalista, aparentemente espírita, falou em defesa do médium acusado de abusar sexualmente de mais 500 vítimas. Em sua fala, Pannunzio levantou dúvidas sobre a veracidade dos relatos de centenas de vítimas no Brasil e no exterior. A argumentação do jornalista é covarde, uma vez que tentou insinuar que todos os abusos teriam ocorrido recentemente ao 'duvidar' que um homem de 76 anos fosse capaz de abusar de tantas mulheres. Na verdade, os relatos de abusos apontam para violações ocorridas ao longo de mais de três décadas, ou mais de 10 mil dias de impunidade. Em 10 mil dias, seria possível que o tarado se aproveitasse de um número ainda maior de vítimas indefessas, vulneráveis e, na maioria dos casos, fragilizadas por dramas pessoais, doenças e outras tragédias humanas.

O Jornalista não se envergonhou por questionar os relatos das vítimas, numa clara tentativa de desqualificar não apenas o testemunho das mulheres, como também todo o sofrimento a que foram submetidas e tiveram que conviver em silêncio por anos: “Olha, eu não tenho dúvida nenhuma de que, entre esses relatos, tem muito trigo e tem também algum joio. Você acha crível mesmo que esse homem molestou 500 mulheres? Aos 76 anos de idade? É preciso mais que hormônios para se crer numa história dessas”, ironizou o jornalista Fábio Pannuncio, que pareceu atuar como advogado de defesa do tal de João do Pênis, o curandeiro que, segundo relatos, colocava as mãos das vítimas em seu órgão genital enquanto dizia operar curas milagrosas.





Informe seu Email para receber notícias :