Mostrando postagens com marcador Saúde. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Saúde. Mostrar todas as postagens
linkaki

A vergonhosa tentativa do G1 de defender repórter de afiliada da Globo que espancou idoso - Vídeo



O portal G1 publicou uma matéria que tenta justificar a atitude do repórter Rodrigo Maia da Rede Gazeta, afiliada da Globo no Espírito Santo, que espancou um vizinho de 69 anos. A confusão teve início no elevador do condomínio em que eles moram na cidade de Vitória.

A matéria do G1 (aqui) afirma que o "Repórter da TV Gazeta diz que recebia ameaças de vizinho há um ano, no ES" e que a 'confusão' foi registrada pelas câmeras do condomínio'. Na verdade, não foi uma confusão, mas um festival de agressões covardes contra um homem idoso. No vídeo abaixo, é possível ver que o repórter da afiliada da Globo agride o homem mesmo quando este já está no chão.

A falta de bom senso e o corporativismo exacerbado parece ter cegado os profissionais do G1 neste episódio de violência gratuita. Na matéria publicada no G1, há inclusive um vídeo no qual o repórter aparece provocando o idoso que tenta entrar no elevador. Rodrigo Maia filma o momento e não parece disposto a qualquer tipo de trégua nos momentos que antecedem a sessão de espancamento a que submeter o vizinho. As imagens são chocantes.



A atitude do repórter é condenável sob qualquer aspecto.
Leia
linkaki

Cinicamente, Jornalista da Band coloca em dúvida relatos de vítimas do tarado João do pênis



A fala do âncora do Jornal da Noite da Band, Fábio Pannuncio na edição edição desta segunda-feira (17), causou indignação não apenas entre as mulheres, mas em qualquer cidadão minimamente decente. O jornalista, aparentemente espírita, falou em defesa do médium acusado de abusar sexualmente de mais 500 vítimas. Em sua fala, Pannunzio levantou dúvidas sobre a veracidade dos relatos de centenas de vítimas no Brasil e no exterior. A argumentação do jornalista é covarde, uma vez que tentou insinuar que todos os abusos teriam ocorrido recentemente ao 'duvidar' que um homem de 76 anos fosse capaz de abusar de tantas mulheres. Na verdade, os relatos de abusos apontam para violações ocorridas ao longo de mais de três décadas, ou mais de 10 mil dias de impunidade. Em 10 mil dias, seria possível que o tarado se aproveitasse de um número ainda maior de vítimas indefessas, vulneráveis e, na maioria dos casos, fragilizadas por dramas pessoais, doenças e outras tragédias humanas.

O Jornalista não se envergonhou por questionar os relatos das vítimas, numa clara tentativa de desqualificar não apenas o testemunho das mulheres, como também todo o sofrimento a que foram submetidas e tiveram que conviver em silêncio por anos: “Olha, eu não tenho dúvida nenhuma de que, entre esses relatos, tem muito trigo e tem também algum joio. Você acha crível mesmo que esse homem molestou 500 mulheres? Aos 76 anos de idade? É preciso mais que hormônios para se crer numa história dessas”, ironizou o jornalista Fábio Pannuncio, que pareceu atuar como advogado de defesa do tal de João do Pênis, o curandeiro que, segundo relatos, colocava as mãos das vítimas em seu órgão genital enquanto dizia operar curas milagrosas.





Leia
linkaki

João de Deus se entrega à polícia em Goiás



Após conseguir sacar cerca de R$ 35 milhões de reais de suas contas, a médium João de Deus finalmente se entregou à polícia neste domingo. Após uma longa negociação envolvendo seus advogados, o homem acusado por centenas de testemunhas de abuso sexual, o médium se entregou  por volta das 16h30 deste domingo, 16, em uma estrada de terra em Abadiânia, na região central de Goiás. João de Deus é suspeito de abusos sexuais durante tratamentos espirituais e sua prisão foi determinada pela Justiça na tarde de sexta (14), a pedido do Ministério Público (MP-GO) e da Polícia Civil de Goiás.

João de Deus se entregou na encruzilhada de uma estrada de terra no município de Abadiânia, a 90 quilômetros de Goiânia. De acordo com a Folha, o acusado chegou a passar mal antes de se entregar à Polícia.
Leia
linkaki

Cúmplices da sacanagem. 'Funcionários de João de Deus tinham conhecimento de abusos', diz MP



O Globo informa neste fim de semana que, segundo o Ministério Público de São Paulo, funcionários de João de Deus tinham conhecimento de abusos' sexuais praticados pelo médium contra centenas de vítimas.

Segundo a publicação, "Pelo menos dez mulheres ouvidas pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) afirmaram que um grupo de funcionários do médium João de Deus era conivente com os abusos sexuais cometidos durantes as sessões espirituais em Abadiânia, Goiás".

Os eventuais cúmplices que forem identificados no curso das investigações podem ser penalizados. "Em tese, o Código Penal prevê penalidades também para quem participa ou coopera com qualquer tipo de crime, na medida de sua culpabilidade. A teoria é citada no artigo 29, que trata do "concurso de pessoas", diz a publicação.

Com informações de O GLOBO
Leia
linkaki

‘Morte de Bolsonaro interessa aos que estão perto', diz filho do presidente, sugerindo que risco será maior após a posse



O filho do presidente eleito Jair Bolsonaro, vereador Carlos Bolsonaro (PSC/RJ), inseriu uma publicação em seu perfil no Twitter que deixou muitos apoiadores de seu pai preocupados. Segundo o parlamentar carioca, a morte de Bolsonaro "não interessa somente aos inimigos declarados, mas também aos que estão muito perto".

Carlos Bolsonaro afirmou ainda que a possibilidade de Bolsonaro ser assassinado após a posse de Jair em 1° de janeiro é ainda maior.

Adicionar legenda
"A morte de Jair Bolsonaro não interessa somente aos inimigos declarados, mas também aos que estão muito perto. Principalmente após de sua posse! É fácil mapear uma pessoa transparente e voluntariosa. Sempre fiz minha parte exaustivamente. Pensem e entendam todo o enredo diário!
Carlos Bolsonaro (@CarlosBolsonaro)".

Nas Redes Sociais, seguidores do filho do presidente ficaram intrigados com suas declarações e sugeriram que ele deveria informar as autoridades sobre suas suspeitas. O problema é que Carlos Bolsonaro pode estar numa situação delicada, pois sua postagem sugere que ele desconfie de pessoas bastante próximas ao presidente.

Bolsonaro foi vítima de um atentando em setembro, na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais, por Adelio Bispo, um inimigo declarado. Segundo Carlos Bolsonaro, agora a morte de seu pai pode estar sendo tramada também pelos "que estão muito perto"
Leia
linkaki

Gabeira deixa jornalistas sem graça ao falar abertamente sobre bandido com fuzil na mão

Forças Policiais não precisariam portar
fuzis se bandidos não usassem armamentos
tão pesados. Número de vítimas de balas
perdidas seria bem menor, assim como
confrontos violentos em áreas urbanas


O jornalista Fernando Gabeira deixou alguns colegas desconcertados ao falar abertamente sobre uma das mais polêmicas propostas de combate à violência que tomou corpo no debate eleitoral nos últimos meses. Gabeira consegui tratar com extrema naturalidade a questão sobre o “abate” de criminosos portando armas pesadas como fuzis por meio de atiradores de elite das forças policiais em casos de confrontos urbanos. Acompanhe um trecho do debate no vídeo abaixo:

Leia
linkaki

Cabo da PM que tentou fugir ao ser flagrado fumando maconha ao volante é liberado pela Polícia



Após ter sido flagrado por uma viatura fumando maconha ao volante  Avenida Manoel Goulart, em Presidente Prudente, um cabo da Polícia Militar, acompanhado da namorada, empreendeu uma fuga pelas ruas da cidade, mas acabou tendo seu veículo interceptado por outras viaturas na altura do bairro Vila Santa Helena.

Segundo informações obtidas pelo G1, os policiais encontraram “uma substância esverdeada”, semelhante a maconha. No maço de cigarros do PM, foi encontrado outro cigarro de maconha, intacto. Com os olhos vermelhos, o policial militar abordado permaneceu calado ao ser levado para a Delegacia Participativa da Polícia Civil, e depois foi liberado.

Ele foi autuado administrativamente por conduzir veículo automotor sob efeito de substância psicoativa. O carro do PM foi apreendido porque o documento estava com o licenciamento vencido.

Leia a matéria completa no G1
Leia
linkaki

Mais de 8,2 mil profissionais brasileiros foram selecionados para o #MaisMédicos



A crise precipitada no Programa Mais Médicos com a saída unilateral do governo cubano do programa parece ter sido contornada em tempo recorde. O presidente Michel Temer veio a público nesta segunda-feira para informar que o programa já teve 97,2% das vagas preenchidas.

Segundo um novo balanço de inscrições divulgado pelo Ministério da Saúde, mais de 8,2 mil profissionais brasileiros foram selecionados . Em um vídeo publicado nas redes sociais, Temer comemorou o número e reiterou que "não iria deixar esse problema para o próximo governo". Os médicos cubanos, que somavam 8 mil profissionais, começaram a deixar o país na semana passada.

— O nosso governo foi rápido e hoje, menos de duas semanas depois, tenho a informação de que mais de 8.200 médicos já foram selecionados e estão fazendo as indicações para os municípios onde pretendem prestar esse serviço. Praticamente 96% dos médicos que prestavam serviço já estão sendo selecionados, destacou Temer no pronunciamento.




Leia
linkaki

Gleisi Hoffmann chora com partida de médicos cubanos, mas não comenta empregos dados a 8.500 médicos brasileiros



A senadora em fim de mandato, Gleisi Hoffmann, do PT do Paraná, chegou a chorar na tribuna do senado esta semana ao lamentar a partida dos médicos cubanos que faziam parte do Programa Mais médicos. Cerca de 8,5 mil profissionais deixam o país após decisão unilateral do governo de Cuba de romper o contrato com o Brasil. Indignada, a presidente nacional do PT criticou o presidente eleito, Jair Bolsonaro, acusando-o de ser agressivo, mostrar falta de compostura e não compreender as necessidades da população.

Ao lamentar o fato do governo cubano ter convocado seus profissionais de volta, Gleise se esquece de salientar que foi Cuba que decidiu, de maneira abrupta, exigir que os profissionais de saúde abandonassem seus postos e retornassem à ilha, sem se importar com as consequências que a convocação poderia trazer aos brasileiros. Em seu pronunciamento, a petista também se esqueceu de saudar a o ingresso de cerca de 8.5 mil médicos brasileiros, que substituíram os médicos cubanos em menos de uma semana, através das inscrições online no sistema lançado pelo Governo do presidente Michel Temer.

Gleisi parece não reconhecer que os bilhões que eram enviados à Cuba ficarão a partir de agora no Brasil, gerando empregos para milhares de profissionais brasileiros.

Leia
linkaki

Bolsonaro passará por cirurgia apenas após a posse em janeiro



O presidente Jair Bolsonaro teve uma cirurgia da  bolsa de colostomia adiada para o próximo ano. O anúncio do adiamento foi confirmado na tarde desta sexta-feira (23) pela equipe médica do Hospital Albert Einstein, após uma bateria de exames realizada na parte da manhã. Os exames apontaram  que Bolsonaro ainda apresenta um quadro inflamatório, o que levou à decisão de adiar a intervenção para depois de sua posse como presidente da República.

De acordo com o UOL, "Bolsonaro deixou a unidade por volta das 14h20 desta sexta, após realizar exames pré-operatórios. Havia expectativa de que ele fosse operado no dia 12 de dezembro, mas foi adiada.

"Encontra-se bem clinicamente e mantém ótima evolução, porém os exames de imagem ainda mostram inflamação do peritônio e processo de aderência entre as alças intestinais. A equipe decidiu em reunião multiprofissional postergar a realização da reconstrução do trânsito intestinal", apontou o boletim médico.

Após permanecer por quatro horas no Hospital Albert Einstein, Bolsonaro retorna para o Rio de Janeiro.

Leia
linkaki

Governo estuda revalida mais eficaz e fala em gerar 8.5 mil empregos para médicos brasileiros



O presidente Michel Temer resolveu fazer dos limões uma limonada, aproveitando a crise desencadeada no setor de saúde com a saída dos médicos cubanos do Programa Mais Médicos e falou nesta segunda-feira, 19, em simplificar o exame do Revalida para cerca de 15 mil médicos brasileiros formados no exterior. O Revalida é o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira,

Segundo Temer, esta seria uma oportunidade de gerar empregos para cerca de 8 mil brasileiros que se encontram inabilitados para exercer a medicina no Brasil sem restrições. Embora a possibilidade de integrar médicos brasileiros formados no exterior sem a necessidade do Revalida, o presidente solicitou estudos para a simplificação da aplicação do exame.

O Revalida subsidia os processos de revalidação, feito por determinadas universidades públicas, dos diplomas de médicos que se formaram no exterior. É direcionado aos médicos estrangeiros e brasileiros que se graduaram em outro país e querem exercer a profissão no Brasil.

Para participar, é preciso ser brasileiro ou estrangeiro em situação legal de residência no Brasil e ter diploma médico expedido por instituição de ensino superior estrangeira, reconhecida no país de origem pelo seu ministério da educação ou órgão equivalente, e autenticado pela autoridade consular brasileira.

Uma vez aprovado no exame do Revalida, o profissional formado no exterior poderá obter sua Carteira de Registro Médico (CRM). No caso dos estrangeiros, pode ser exigido o Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (CELPEBRAS), além de outros documentos essenciais para a sua atuação no Brasil.. O problema é que, ao obter o CRM, o profissional ganha autonomia para atuar em qualquer local do país, prestar concursos ou atuar na iniciativa privada, em hospitais, clínicas ou até mesmo abrir seu consultório próprio. Neste caso, será necessário manter contratos de no mínimo três anos para assegurar que os profissionais permaneçam no programa, na medida em que outros profissionais se qualificam para a substituição dos que saírem.

A boa notícia é que o Ministério da Saúde publicou no "Diário Oficial da União" desta terça-feira (20) o edital com cerca de 8,5 mil vagas para o programa Mais Médicos. As vagas, abertas para substituir médicos cubanos, são para profissionais brasileiros e estrangeiros, mas apenas para aqueles que tenham registro no CRM do Brasil, o que não é o caso dos médicos cubanos e de um número bastante reduzido de outros profissionais. Na prática, a maioria das vagas vão mesmo ficar com médicos brasileiros.

"O caso dos médicos cubanos foi na semana passada – não passou uma semana, e o ministro Occhi vem tomar providência imediata. E não vai deixar desprovido nenhum município brasileiro, vocês verão que não haverá ausência. [As vagas serão preenchidas] por médicos brasileiros com CRM [Conselho Regional de Medicina] estrangeiro ou estrangeiros com CRM brasileiro", garantiu o presidente Michel Temer.
Leia
linkaki

Ministro da Saúde, Gilberto Ochi informa que retirada dos médicos cubanos do Brasil é de responsabilidade de Cuba



O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, informou nesta segunda-feira (19) que o governo caberá ao governo cubano retirar os profissionais do Mais Médicos do Brasil, e que a União não vai disponibilizar aviões da FAB, uma vez que foi o governo de Cuba que cancelou unilateralmente o contrato de permanências dos médicos cubanos no programa.

 “Não faz sentido o governo brasileiro ter despesa com a logística de remoção dos profissionais, uma vez que o rompimento foi feito por Cuba“, disse Occhi.

Na semana passada, o governo cubano anunciou que deixaria o Mais Médicos e citou "referências diretas, depreciativas e ameaçadoras" feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro em relação à presença dos médicos cubanos no Brasil. A situação criou uma série de transtornos para as autoridades de saúde, que se mobilizam desde as primeiras horas após o anúncio do rompimento do contrato para substituir os médicos em regiões críticas.

Ao ser questionado esta semana sobre os problemas causados com o rompimento do contrato com a Organização Pan-americana da Saúde (Opas) intermediária nos acordos que permitem a permanência dos dos médicos cubanos no programa, o presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou que o governo do presidente Michel Temer está empenhado em resolver o problema:

"Eu não sou presidente. Em janeiro nós vamos apresentar o remédio para isso. Se bem que o governo Temer já está trabalhando nesse sentido", reconheceu Bolsonaro.

Na coletiva de hoje, o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, confirmou que o governo vai publicar amanhã mesmo, no "Diário Oficial da União", edital com cerca de 8,5 mil vagas para o Mais Médicos.

As vagas serão abertas, segundo o ministro, para médicos brasileiros e estrangeiros formados no Brasil. Ainda de acordo com Occhi, o presidente Michel Temer determinou que o país tenha o menor impacto possível com a saída de médicos cubanos do programa.

Ciente das dimensões do problema, o vice-presidente Hamilton Mourão manifestou a esperança de que pelo menos metade dos profissionais permanecerão no Brasil. Segundo o general da reserva, a logística para saída dos estrangeiros do país é "complicada".

"Posso até ser leviano aqui, mas eu acho que metade não volta [para Cuba] ... Acho que eles gostam do nosso estilo de vida", disse Mourão nesta segunda-feira.

Horas mais tarde, Gilberto Occhi confirmou que a retirada dos médicos cubanos do Brasil é de responsabilidade de Cuba e que o governo não irá mobilizar nenhum recurso com esta finalidade.

Com informações do G1
Leia
linkaki

Médicos estrangeiros que atuam no Brasil são formados e habilitados para o exercício da Medicina



Circula na internet a informação de que os médicos cubanos do programa Mais Médicos não são formados e que alguns seriam apenas enfermeiros. A informação não procede. Segundo a agência Lula, "A Lei 12.871/2013, que institui e regula o Mais Médicos, exige que todos os médicos formados no exterior – incluindo os cubanos – apresentem “diploma expedido por instituição de educação superior estrangeira” e “habilitação para o exercício da Medicina no país de sua formação”. 45% dos profissionais que integravam o programa Mais Médicos são de Cuba. O país mantém profissionais de saúde em mais de 60 países, nos cinco continentes.

Há diferenças entre as exigências para estrangeiros – ou brasileiros formados no exterior – participantes do programa e médicos formados no exterior que vivem no Brasil, mas não fazem parte do Mais Médicos. Por exemplo, os profissionais contratados pelo programa são dispensados de fazer o Revalida, exame de revalidação do diploma, por até três anos, prazo limite de permanência dos profissionais no Brasil. As informações sobre o grau de qualificação do médico são aferidas em várias etapas, desde o desembarque no país, no cadastro no sistema do Ministério da Saúde, na triagem por especialidade, na admissão nas secretarias de saúde e na distribuição por região em irão atuar.

Portanto, para integrar o programa, é necessário que os médicos comprovem sua formação. Neste momento, as autoridades brasileiras estão engajadas em substituir os cerca de 8.300 médicos cubanos que devem deixar o país nas próximas semanas. A dificuldade maior será suprir a demanda em locais longínquos onde há incidência de malária e outras doenças contagiosas, além de cerca de 300 aldeias indígenas que eram assistidas por profissionais cubanos.

Constituição Federal (Artigos 196 a 200) - Conselho Nacional de Saúde Art. 196. "A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação".
Leia
linkaki

'Amor e Sexo' chega ao fim, com baixa audiência. Programa comandado por Fernanda Lima não terá nova temporada na Globo



Bombardeado nas redes sociais por explorar uma temática fútil, o programa  "Amor & Sexo", comandando pela ex-modelo Fernanda Lima chegou ao fim, informou o portal R7. Segundo a publicação, a produção da atração já foi avisada que esta será a última  temporada de "Amor & Sexo" na Rede Globo.

A  atração de Fernanda Lima vem perdendo em audiência para "A Fazenda", da RecordTV, e enfrentando uma grande queda de público. Há dias em que chega a perder o terceiro lugar para o SBT. Na média nacional, a audiência da atração despencou quase 70% de 2016 para 2018, apesar da tentativa de reformulação do programa comandado por Fernanda Lima.

Com informações do R7
Leia
linkaki

URGENTE - Submarino argentino desaparecido há um ano com 44 tripulantes a bordo é encontrado



A Marinha da Argentina confirmou nesta sexta-feira (16), ter encontrado o submarino que desapareceu há um ano no Oceano Atlântico, com 44 tripulantes a bordo. O último contato com o submarino "ARA San Juan" ocorreu em 15 de novembro de 2017, quando navegou no Golfo de São Jorge, a 450 km da costa. Ele havia navegado de Ushuaia, no extremo sul da Argentina, de volta a Mar del Plata.

O drama dos familiares da tripulação comoveu o mundo. A busca pelo "ARA San Juan" começou 48 horas após o último contato. 13 países colaboraram, mas a maioria se retirou antes do final de 2017, sem resultados. A embarcação foi finalmente descoberta, exatamente um ano e um dia após ter desaparecido. O navio da empresa americana Ocean Infinity partiu no dia 7 de setembro com quatro membros da família a bordo e estava prestes a interromper a busca quando o submarino foi encontrado.

Foram gastos cerca de 25,5 milhões de dólares com as buscas, de acordo com informação divulgada esta semana por Graciela Villata, alta funcionária do Ministério da Defesa. A informação sobre a localização do submarino foi devulgada pela própria Marinha, por meio do Twitter e pelo porta voz da Marinha Rodolfo Ramallo:

"O navio da Ocean Infinity decidiu realizar uma nova busca e graças a Deus localizou a zona" onde o submarino está afundado, declarou Rodolfo Ramallo à emissora de televisão TN.

Com informações da Folha
Leia
linkaki

Médico cubano que atuava na Paraíba chama Bolsonaro de lacaio sem preparo para ser presidente do Brasil



O Globo informa que os primeiros médicos cubanos a deixarem o Brasil após as declarações consideradas ofensivas do presidente eleito Jair Bolsonaro já chegaram à Cuba.

Na chegada ao seu país, o médico José trabalhava em Manaíra chamou Bolsonaro de lacaio dos americanos e disse à televisão estatal cubana que o presidente eleito não tem nem conhecimento nem preparo para ser presidente do Brasil:

— Ratificamos a decisão de não seguir participando do programa Mais Médicos, no Brasil, devido às manifestações servis deste lacaio do império, o novo presidente eleito do Brasil, que não tem conhecimento nem preparo para ser presidente desse país e que não se interessa pela saúde do povo brasileiro. Nós entregamos o melhor — disse José Ángel Véliz à "CubaTV".

De acordo o site do Mais Médicos, José trabalhava em Manaíra (PB). Outras duas médicas entrevistadas estavam em Itapiuna (CE) e Benjamin Constant (AM). O governo cubano decidiu encerrar unilateralmente a parceria do programa Mais Médicos com o Brasil, alegando que Bolsonaro ofendeu os profissionais que atuavam no país.

Os primeiros 196 médicos chegaram no aeroporto de Havana, na madrugada de quinta-feira, menos de 24 horas após o anúncio da decisão. Segundo a reportagem foi "um momento mágico de regressar à pátria com a missão cumprida". No total, mais de 8 mil médicos devem deixar o Brasil nos próximos dias.

Para evitar transtornos à população, o governo Temer, por meio do Ministério da Saúde, informou na manhã desta sexta-feira (16) que a seleção de médicos brasileiros para ocuparem as vagas dos profissionais cubanos ocorrerá ainda em novembro.

A reportagem abaixo informa que, ao longo de 55 anos. a colaboração de médicos cubanos atendeu a 164 países e que atualmente, há profissionais de saúde atuando em 67 nações nos cinco continentes.



Com informações de O Globo

Leia
linkaki

Cuba anuncia fim do Mais Médicos no Brasil, após declarações de Bolsonaro. 24 milhões de brasileiros podem ficar sem atendimento



A Folha confirmou que "O governo de Cuba anunciou nesta quarta-feira (14) o fim de sua participação do programa Mais Médicos no Brasil.

Em nota divulgada pelo Ministério da Saúde do país caribenho, a decisão é atribuída a questionamentos feitos pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), à qualificação dos médicos cubanos e à exigência de revalidação de diplomas no Brasil."

Caso o governo de Cuba determine o retorno imediato de todos os 10 mil médicos cubanos que estão no país, há o risco de crise no sistema de saúde com a falta de atendimento à população em várias regiões, provocando uma enorme crise no sistema de saúde ainda este ano.

Para o presidente do Conasems (Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde), Mauro Junqueira, caso não haja rapidez na adoção de medidas para reposição das vagas, há risco de desassistência. O problema ocorreria especialmente nas regiões Norte e Nordeste, onde há maior número de médicos cubanos.

O risco de crise no atendimento à população é imediato. Mauro Junqueira destaca que "Cada médico fica em equipe que atende uma média de 3.400 pessoas. Se pegar 8.500 médicos, são 24 milhões de brasileiros. Não dá para retirar de um dia para o outro", afirma.

Na nota, o governo cubano afirma que, desde a implantação do programa, 20 mil profissionais atenderam a mais de 113 milhões de brasileiros, residentes, especialmente, em regiões carentes. O Ministério de Saúde de Cuba lista a atuação de seus médicos em países da América Latina e da África.

Há quem acredite que uma saída diplomática para a questão envolvendo a permanência dos médicos cubanos no Brasil seria mais aconselhável, no lugar de embates ideológicos. A reposição dos médicos nos locais remotos em que atuam pode levar mais de um ano.  o que certamente vai afetar o atendimento de milhões de cidadãos.

Com informações da Folha
Leia
linkaki

Lei obriga placas em hospitais de SP com os dizeres: “A entrega de filho para adoção, mesmo durante a gravidez, não é crime"



Acaba de entrar em vigor no Estado de São Paulo uma Lei que que obriga unidades de saúde públicas e privadas a exibirem placas com os dizeres: “A entrega de filho para adoção, mesmo durante a gravidez, não é crime. Caso você queira fazê-la, ou conheça alguém nesta situação, procure a vara da infância e da juventude. Além de legal, o procedimento é sigiloso”.

De autoria da deputada Rita Passos (PSD). o projeto não é para estimular a doação de crianças, mas para evitar abandonos inadequados “como bebês jogados no lixo”.


PROJETO DE LEI Nº 772, DE 2017
Dispõe sobre a afixação de placas informativas
nas unidades públicas e privadas de saúde,
sobre a adoção de nascituro.

A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECRETA:
Artigo 1º - Ficam as unidades públicas e privadas de saúde do Estado de São
Paulo obrigadas a afixar placas informativas, em locais de fácil visualização,
contendo os seguintes dizeres: “A ENTREGA DE FILHO PARA ADOÇÃO,
MESMO DURANTE A GRAVIDEZ, NÃO É CRIME. CASO VOCÊ QUEIRA
FAZÊ-LA, OU CONHEÇA ALGUÉM NESTA SITUAÇÃO, PROCURE A VARA
DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE. ALÉM DE LEGAL, O PROCEDIMENTO É
SIGILOSO.”

Parágrafo único - As placas informativas previstas no caput devem conter,
ainda, endereço e telefone atualizados da Vara da Infância e da Juventude da
Comarca ou Foro Regional.
Artigo 2º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

JUSTIFICATIVA

O abandono infantil é um grande problema da sociedade atual, mesmo
não sendo um fenômeno recente. Entre as principais causas do abandono
estão a pobreza, a gravidez na adolescência, a dependência química e a falta
de planejamento familiar.

Crianças indefesas e que necessitam de cuidados e amparo são
privadas da convivência familiar e quando não, são privadas do afeto, das
condições básicas para sua existência, podendo vir a desenvolver vários
problemas psicológicos.

O que se observa são milhares de crianças de rua espalhadas pelos
quatro cantos do país; mães que abandonam seus bebês recém-nascidos em
latas de lixo, jogados nos rios, ou os deixam abandonados nas ruas à mercê da
própria sorte. Muitas mães, inclusive, fogem do hospital, logo após o parto,
deixando o filho.

Assim sendo, a presente proposição objetiva proteger os nascituros,
cujas mães encontrem muitas dificuldades para criá-los, para lhes dar uma vida
digna.

Não se trata, simplesmente, de estimular a doação dessas crianças, mas
de evitar a realização de aborto ou o abandono.

Busca-se, com a medida, conscientizar e informar as gestantes de que o
aborto, o abandono e a venda de crianças são crimes e, caso os pais decidam
que não tem intenção de permanecer com a criança, não coloquem suas vidas
em risco e as entreguem para adoção.

Não há uma estrutura adequada de informação e tratamento nos casos
em que as mulheres demonstram o desejo de fazer a doação. Seriam
necessárias campanhas e programas de atendimentos às gestantes ou mães
que não se sintam em condições de criarem seus filhos, além de um processo
de escuta e de orientação, por meio de um acompanhamento feito por equipes
de psicólogos junto à Vara da Infância e da Juventude.

O Estatuto da Criança e do Adolescente, em seu artigo 8º, dispõe que
“as gestantes ou mães que manifestem interesse em entregar seus filhos para
adoção serão obrigatoriamente encaminhadas à Justiça da Infância e da
Juventude”. Determina esse diploma legal também que deve ser prestada
assistência psicológica após tal manifestação.

A falta de conhecimento sobre a legislação em vigor faz com que muitas
mulheres, que não pretendem permanecer com as crianças, coloquem suas
vidas e de seus bebês em risco.

Segundo a Vara da Infância e da Juventude, o número de mães que
procuram a Justiça para entregar seus filhos para adoção é muito baixo,
principalmente pelo desconhecimento de que a entrega é um processo legal.
Outro ponto importante é acabar com esse preconceito com mães que
doam seus filhos: dar um filho para a adoção não é crime, mas abandono de
incapaz é. A partir do momento em que essa situação ficar bem esclarecida,
com certeza haverá uma diminuição no número de crianças jogadas no lixo e,
um aumento no número de crianças doadas para famílias que querem muito ter
um filho e não podem.

Rita Passos - PSD
Leia
linkaki

“Chega de Fiu Fiu” - documentário gera debate promovido pela Folha em parceria com o Espaço Itaú de Cinema



Após sessão especial do documentário “Chega de Fiu Fiu” nesta terça-feira (29), no Espaço Itaú de Cinema, a jornalista Fernanda Mena mediou um importante debate sobre a importância da presença de mulheres no planejamento das cidades e o combate ao assédio sexual.

“O assédio nas ruas faz parte do rol das violências de gênero. A gente tem uma sociedade que foi construída em cima do racismo e do machismo. A configuração das cidades reproduz essa lógica”, afirmou a arquiteta e urbanista Joice Berth, presente no debate promovido pela Folha.

A sociedade é um organismo em constante processo de evolução e nenhuma pauta deve ser ignorara ou negligenciada pelas pessoas realmente interessadas em promover o o avanço nas conquistas coletivas e o aprimoramento do processo civilizatório. Por excelência, o ser humano ainda é suscetível a certos influxos de natureza biológica que remontam tempos imemoriais, dado o primitivismo de certos mecanismos relacionados ao processo de seleção natural observados no reino animal.  Diante da possibilidade de impulsos ou gestos que podem ser considerados ofensivos, o ser humano precisa aprender a conter ordenamentos biológicos primitivos que emergem em determinadas situações. Apesar do processo civilizatório impor determinados limites à liberdade de expressão, o pensamento continua livre, liberado.

Mais do que uma engrenagem individual sensitiva, o cérebro ainda abriga instintos muito primitivos e essenciais para a perpetuação da espécie. A receita primordial e involuntária vale para a maioria dos seres vivos, inclusive homens e mulheres de todas as raças e etnias existentes, independente dos discursos que valorizam os avanços dos processos civilizatórios. A aquisição de conceitos civilizados torna recomendável a discrição respeitosa, em todos os casos.

Leia a matéria da Folha aqui
Leia
linkaki

Em homenagem ao dias das mães, uma pequena curiosidade: suas mitocôndrias são presentes exclusivos de sua mãe



O DNA mitocondrial que está no citoplasma da célula é uma herança genética repassada somente da mãe". Essa é uma herança única, passada pela mãe, independente do sexo do filho, e estará presente ao longo de toda a hereditariedade da mãe até o fim dos tempos. No caso do homem, sua hereditariedade só perdura por cinco gerações. Após isso, torna-se impossível detectar sua presença na terra.

As células possuem dois tipos de DNA: o DNA nuclear, herdado de ambos os progenitores na proporção de 50% de cada um; e o DNA mitocondrial, herdado apenas da mãe, a herança matrilínea. Deste modo, todas as células do novo ser em formação terão apenas mitocôndrias herdadas da mãe. Esta característica permite que uma criança tenha duas mães biológicas, em casos de

Eva mitocondrial é o nome pelo qual é conhecido o Mais Recente Ancestral Comum, por descendência matrilineal de todos os seres humanos vivos na terra desde o início dos tempos. O seu DNA mitocondrial (mtDNA) foi passando de geração em geração e está agora presente em todas as pessoas. Todos os mtDNAs presente em todas as pessoas do mundo é derivado do mtDNA da Eva mitocondrial. É a contraparte do Adão-Y, o Mais Recente Ancestral Comum - MRCA, por descendência patrilinear, que perdura apenas por cinco gerações. . O DNA mitocondrial humano é uma molécula contendo 16.539 pares de bases nitrogenadas já completamente sequenciadas.

As mitocôndrias são organelas essenciais para a maioria das células eucarióticas. Sem elas, as células não teriam a capacidade de produzir energia para todos os seus mecanismos metabólicos essenciais. No início da década de 1960, porém, pesquisadores suecos descobriram que, além de todos os processos energéticos ocorridos nas mitocôndrias, estas organelas possuem ainda outra grande importância: elas carregam DNA próprio.Apesar de ser extremamente pequeno – contendo apenas 37 genes – o DNA mitocondrial codifica importantes proteínas e, por muitos anos, carregou consigo um mistério que a ciência não conseguia desvendar: na grande maioria dos animais, apenas o DNA mitocondrial materno é passado de geração em geração. O DNA mitocondrial paterno nunca pode ser encontrado em nossas células, pois ele se degrada no momento da fecundação, restando somente as mitocôndrias do óvulo. Isto significa que suas mitocôndrias são presentes exclusivos de sua mãe.
Leia