linkaki

Os ex-presidentes do Brasil são tão indignos, que agora a sociedade se recura a arcar com privilégios herdados do cargo



Até bem pouco tempo, praticamente nenhum brasileiro questionava os direitos adquiridos por ex-presidentes de poderem contar com motoristas, seguranças e assessores bancados com o dinheiro do contribuinte. Os privilégios eternos decorrentes do fato de terem ocupado o mais alto posto da nação eram vistos de forma até honrosa.

Mas desde a eclosão da Operação Lava Jato e das revelações de inúmeros esquemas criminosos atribuídos aos  ex-mandatários do país, sobretudo aos ex-presidentes Lula e Dilma, a maior parte da população passou a questionar a legitimidade destes direitos. No caso do ex-presidente Lula, a situação causa ainda mais indignação. Afinal, o petista foi condenado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro por ter colhido benefícios pessoais por meio de negócios ilícitos com o dinheiro do contribuinte.

A ex-presidente Dilma Rousseff, acusada de ter sido eleita com dinheiro roubado da Petrobras, já torrou milhões em dinheiro do contribuinte com viagens ao exterior, desde que teve seu mandato cassado em 2016. A petista perdeu o cargo de presidente da República por ter cometido crime de responsabilidade.

Lula está preso por ter roubado o povo, mas mesmo assim, ainda conta com dois carros de luxo e oito servidores pagos com o dinheiro do povo. 

Informe seu Email para receber notícias :