linkaki

Petistas que tentaram matar empresário em frente ao Instituto Lula se entregam à Polícia



Os agressores que tentaram matar um empresário em frente ao Instituto Lula no dia 05 de abril se entregaram à Polícia em São Paulo, O ex-vereador de Diadema Manoel Eduardo Marinho, o ‘Maninho do PT’, e seu filho Leandro Eduardo Marinho, que prestavam serviços ao ex-presidente Lula no dia que o petista teve sua prisão decretada pelo juiz Sérgio Moro s, foram denunciados por tentativa de homicídio do empresário Carlos Alberto Bettoni.

Os dois petistas, que estavam foragidos desde a decretação da prisão há uma semana, se apresentaram ao Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP) pouco antes do meio-dia desta quarta-feira, 16. ‘Maninho do PT’ e Leandro tiveram a prisão preventiva decretada na sexta-feira, 11, pela 1.ª Vara do Júri do Foto Central Criminal.

Na segunda-feira, 14, o desembargador César Augusto Andrade de Castro, da 3.ª Câmara de Direito Criminal, negou liminar em pedido de habeas corpus do ex-vereador de Diadema e de seu filho contra o decreto de prisão. Os dois devem seguir para uma prisão comum em São Paulo.

Informe seu Email para receber notícias :