linkaki

Lula e Gleisi amanheceram o Dia do Trabalhador denunciados ao STF por roubo de R$ 1,48 bilhão do povo. Isto é PT



O ex-presidente Lula e a senadora Gleisi Hoffmann, ambos do PT, amanheceram este 1.º de Maio, o Dia do Trabalhador, denunciados pela Procuradoria-Geral da República pelo desvio de pelo menos  R$ 1,48 bilhão dos cofres públicos.

Além de Lula e Gleisi Hoffmann, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, denunciou os ex-ministros petistas Paulo Bernardo e Antonio Palocci, e o empresário Marcelo Odebrecht. O grupo é acusado de negociar entre si uma série de decisões políticas que beneficiassem a empreiteira. Entre essas decisões está, por exemplo, o aumento da linha de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para obras tocadas pela companhia em Angola.

Além da condenação dos denunciados por corrupção e lavagem de dinheiro, Raquel Dodge pede que os petistas sejam condenados ao pagamento de valores milionários. Para Lula, Paulo Bernardo e Palocci, a denúncia solicita a condenação à reparação, juntos, de US$ 40 milhões, valor da vantagem indevida, mais R$ 10 milhões de indenização por dano moral coletivo.

Para Gleisi e seu marido Paulo Bernardo, Dodge solicita reparação de R$ 3 milhões pela propina mais R$ 500 mil de dano moral coletivo. Também pede que Gleisi devolva à União R$ 1,8 milhão referente ao valor inexistente declarado à Justiça Eleitoral.

Informe seu Email para receber notícias :