linkaki

Lula agoniado na prisão. Petista se queixa do isolamento antes de completar 30 dias na cadeia



A vida do ex-presidente Lula na prisão não tem sido nada fácil, afirmam interlocutores. O petista está frustrado por não ter recebido a visita de nenhuma autoridade ou celebridade estrangeira desde que foi preso, passou o seu primeiro e simbólico Dia do Trabalho encarcerado e não tem conseguido articular os bastidores da política nacional.

Entre as únicas visitas que está autorizado a receber, seus advogados e familiares, não há ninguém animado ou capaz de fazer a interlocução com políticos em nome de Lula. Os advogados estão bastante ocupados com recursos e mais recursos, e seus filhos se recusam a correr o risco de exposição em encontros com aliados do pai.

A aflição de Lula na prisão não está restrita aos pequenos problemas 'técnicos' decorrentes de seu encarceramento e isolamento da sociedade. O petista está agoniado com o fato de seu ex-ministro e ex-braço direito Antonio Palocci ter conseguido assinar um acordo de delação com a Polícia Federal.

Como se não bastasse a preocupação com seu agora convertido num inimigo letal, Lula está também apreensivo com a nova denúncia oferecida ao Supremo Tribunal Federal pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Nesta nova denúncia, Lula é acusado de ter aceitado US$ 40 milhões da Odebrecht para beneficiar a empresa em mais de U$ 1 bilhão com dinheiro do BNDES.

Diante de tantas adversidades, Lula tem manifestado nervosismo por não poder fazer nada, na medida em que sua situação vai se complicando. Inconformado com a redução da mobilização do acampamento em torno de sua prisão e da queda do interesse da imprensa na vigília que míngua a cada dia. o ex-presidente cobra providências de seus subordinados para que façam alguma coisa para manter seu nome em evidência. Segundo interlocutores, o petista está amargo e se queixa de que sua vida não está sendo fácil na prisão. A culpa, segundo estes interlocutores, seria do próprio Lula. Centralizador e pouco precavido, o petista não teria sido capaz de confiar em outros membros do partido para articular as alianças e fazer o que fosse necessário. Ignorar que seria preso foi um erro.


Informe seu Email para receber notícias :