linkaki

José Dirceu pode ser preso ainda hoje. TRF-4 determinou “a imediata comunicação” ao juiz Sérgio Moro sobre decisão



O ex-ministro José Dirceu poderá ser preso ainda nesta quinta-feira, 17, após a divulgação da decisão do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, que negou um recurso decisivo da defesa do petista. A Corte de apelação da Operação Lava Jato rejeitou por unanimidade o último recurso cabível a Dirceu, após a confirmação de sua condenação pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro na Segunda Instância.

“A 4ª Seção, por unanimidade, negou o provimento aos embargos de declaração em embargos infringentes, determinando a imediata comunicação ao juízo de origem para a execução provisória das penas de José Dirceu, de Gerson de Mello Almada, e de Fernando Antônio Guimarães Hourneaux de Moura”, informou o Tribunal da Lava Jato.

O TRF-4 também determinou “a imediata comunicação” da decisão da Corte ao juiz federal Sergio Moro, para que possa ser decretada a prisão do petista. Moro está viajando, mas a juíza substituta do responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância poderá decretar a prisão de Dirceu a qualquer momento.

Zé Dirceu, que deve fazer companhia ao ex-presidente Lula na prisão em Curitiba, foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro, em 1.ª instância, por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertinência à organização criminosa por envolvimento no esquema de corrupção da Petrobrás. O ex-ministro teve a pena aumentada pelo Tribunal de 20 anos e 10 meses para 30 anos, 9 meses e 10 dias.

Informe seu Email para receber notícias :