linkaki

Grande aliança entre PT, Ciro Gomes, Marina Silva e Joaquim Barbosa no segundo turno é praticamente inevitável



Um grupo de lideranças petistas devem se reunir com governadores do Nordeste na sexta-feira, 18, para um debate que tem como foco a bacia do Rio do São Francisco, mas deve ter como pano de fundo a discussão sobre a formação de alianças no campo da esquerda visando o segundo turno das eleições presidenciais.

Segundo a Folha, tradicional veículo de comunicação da aparelhado pela esquerda brasileira, o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT-MG) já começa a admitir, em suas conversas, a hipótese de aliança em favor da candidatura presidencial de Ciro Gomes (PDT), com quem ele conversa diretamente. Outros governadores do campo da esquerda, como Flávio Dino (PCdoB-MA) e Rui Costa (PT-BA), já manifestaram publicamente simpatia por uma aliança com Ciro".

Ainda segundo a publicação, "Pimentel também concorda em particular com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), em busca de um acordo mútuo.  Pelo acerto, o PT abriria mão da candidatura da vereadora Marília Arraes no estado para apoiar a reeleição de Câmara. Em troca, o ex-prefeito Márcio Lacerda (PSB) retiraria sua candidatura ao governo de Minas em favor da reeleição de Pimentel.  Os partidos buscam manter o governo em estados considerados prioritários. Nesta terça (15), o presidente do PSB, Carlos Siqueira, teve encontro com a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), e com o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP)".

A Folha lembra que Lacerda, que é próximo a Ciro Gomes, "chegou a ser cogitado para a vaga de vice na chapa presidencial do PDT. A desistência do ex-ministro do Supremo Joaquim Barbosa (PSB) em concorrer ao Planalto pode aproximar as siglas"

Por fora, embora insista em renegar seu DNA petista, a pré-candidata Marina Silva, além do próprio Joaquim Barbosa e Fernando Haddad, mantém seu viés ideológico alinhado com as tendências defendidas pelo pré-candidato Ciro Gomes. É neste cenário que se desenha uma ampla aliança do campo das esquerdas, compostas por partidos como PT, PDT, PSB, REDE, PSOL e PCdoB. Tudo com as bençãos do ex-presidente Lula, que da prisão, articula acordos visando reconduzir a esquerda brasileira ao poder para se livrar da cadeia. 

Informe seu Email para receber notícias :