linkaki

Globo ainda não se pronunciou sobre pedido do Ministério Publico para colocar mais negros na nova novela.



A 'politicamente correta' Rede Globo ainda não se pronunciou sobre o manifestação do Ministério Público do Trabalho sobre a necessidade de convocar mais atores negros para a nova novela das 21h, Segundo Sol, que vai ao ar nesta segunda-feira, 14.

A novela escrita por João Emanuel Carneiro será ambientada na Bahia, mais especificamente na capital Salvador e na vila fictícia Boiporã. Por causa da locação, o Ministério Público do Trabalho (MPT) enviou à emissora televisiva uma recomendação para que haja mais atores negros no elenco, já que a Bahia é o estado com o maior percentual de população negra do país.

A pouca presença de artistas negros na produção é considerado um fato preocupante, pois, segundo nota enviada à imprensa, o MPT afirma: "o não espelhamento da sociedade nos programas televisivos gera a perpetuação da exclusão e reafirma estereótipos de limitação de espaços a serem ocupados pela população negra".

O censo de 2015 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que Salvador tem quase 3 milhões de habitantes. E, de acordo com um recente estudo de várias universidades brasileiras, a capital baiana tem a maior ancestralidade africana, a partir de estudos genéticos: 50,8%, sendo considerada a cidade mais negra fora do continente africano.

Informe seu Email para receber notícias :