linkaki

Gleisi Hoffmann leva carão do Santuário De Aparecida: nossa bandeira é o Brasil



A senadora Gleisi Hoffmann foi exposta a mais um constrangimento público esta semana, após ter  convocado militantes do PT para uma romaria ao Santuário Nacional de Aparecida, em São Paulo, onde fica a Catedral Basílica Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

Mantendo a estratégia de criar atos polêmicos para manter o nome de Lula em evidência na imprensa, a petista anunciou uma romaria de ativistas de esquerda ao local para pedir a liberdade do ex-presidente. Ficou claro que Gleisi Hoffmann pretendia realizar uma manifestação política tendo como palco um importante destino de religiosos de todo o mundo.

Logo que soube das intenções da presidente nacional do PT, a direção do Santuário publicou uma nota oficial em repúdio ao uso do local como centro de atos políticos afirmando que o Santuário De Aparecida não é o loca apropriado para “toda e qualquer utilização do seu espaço para fins políticos ou ideológicos”, A direção do Santuário destacou ainda que“não está organizando ou convidando pessoas para se mobilizarem em favor deste ou daquele político“ e  que “nossa bandeira é o Brasil. Nossa representante é Aparecida, Nossa Padroeira“.

Confira a nota oficial do Santuário Nacional de Aparecida:

Diante da manifestação pública da senadora Gleise Hoffmann sobre o desejo de organizar uma Romaria ao Santuário Nacional de Aparecida no próximo dia 20 de maio, o Santuário oficialmente informa que:

–O Santuário Nacional de Aparecida é um espaço sagrado que acolhe todos os filhos e filhas de Nossa Senhora Aparecida, sem distinção;

– Da mesma forma, também é uma Casa que se coloca contra toda e qualquer utilização de seu espaço para fins políticos ou ideológicos;

– Com base nos valores éticos e cristãos, o Santuário Nacional entende que o momento atual é propicio de reflexão e protagonismo do cidadão ao que tange às escolhas eleitorais, por isso, sob qualquer hipótese se posiciona ou se posicionará em favor de quaisquer líderes políticos, refutando toda e qualquer iniciativa que queira utilizar-se do Altar da Eucaristia para fins de promoção individual ou partidária;

– A cada domingo cerca de 200 romarias passam pelo Santuário Nacional, casa da Mãe Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil, e, como cristãos, as portas da Igreja devem estar abertas para os devotos que venham a Aparecida com o objetivo de realmente encontrarem neste espaço uma experiência profunda de fé;

– O Santuário não está organizando ou convidando pessoas para se mobilizarem em favor deste ou daquele político, reafirmando seu compromisso com o projeto “Eu sou o Brasil ético”, lançado no início deste ano, com o objetivo de estimular a reflexão crítica dos fiéis;

– Por fim, o Santuário informa que nenhuma celebração deste ou em qualquer outro dia na rotina deste Santuário Mariano é realizado com fim específico que não o de evangelização dos milhares de peregrinos que por aqui passam todos os dias.

Nossa bandeira é o Brasil. Nossa representante é Aparecida, Nossa Padroeira.

Vamos rezar pelo Brasil. Nós temos essa obrigação!

Em outras palavras, lugar de chorar por Lula é na porta da cadeia, onde ele está preso.

Informe seu Email para receber notícias :