linkaki

Fernando Haddad e João Vaccari Neto são denunciados por crime eleitoral



O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) e o ex-tesoureiro do partido, João Vaccari Neto foram denunciados nesta quinta-feira, 10, por falsidade ideológica para fins eleitorais. Segundo o promotor de justiça eleitoral Luiz Henrique Dal Poz, "houve omissão e inserção de elementos inidôneos na prestação de contas para a campanha municipal em 2012".

Segundo o G1, a investigação é um desdobramento da Lava Jato e teve início ainda começou em 2016, a partir das delações do empresário Ricardo Pessoa, da UTC.

"De acordo com o promotor, o pedido inicial de contribuição foi de R$ 3 milhões e, depois, renegociado para R$ 2,6 milhões. Segundo Dal Poz, a campanha de Haddad usou notas fiscais inidôneas para prestar contas. A pena é até cinco anos de reclusão.

Além de Haddad, foram denunciados pelo mesmo crime Francisco Macena, responsável técnico pela prestação de contas;o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto; o ex-deputado federal Francisco Carlos de Souza; e Ronaldo Candido (responsável pela célula gráfica)".

Informe seu Email para receber notícias :