linkaki

Em homenagem ao dias das mães, uma pequena curiosidade: suas mitocôndrias são presentes exclusivos de sua mãe



O DNA mitocondrial que está no citoplasma da célula é uma herança genética repassada somente da mãe". Essa é uma herança única, passada pela mãe, independente do sexo do filho, e estará presente ao longo de toda a hereditariedade da mãe até o fim dos tempos. No caso do homem, sua hereditariedade só perdura por cinco gerações. Após isso, torna-se impossível detectar sua presença na terra.

As células possuem dois tipos de DNA: o DNA nuclear, herdado de ambos os progenitores na proporção de 50% de cada um; e o DNA mitocondrial, herdado apenas da mãe, a herança matrilínea. Deste modo, todas as células do novo ser em formação terão apenas mitocôndrias herdadas da mãe. Esta característica permite que uma criança tenha duas mães biológicas, em casos de

Eva mitocondrial é o nome pelo qual é conhecido o Mais Recente Ancestral Comum, por descendência matrilineal de todos os seres humanos vivos na terra desde o início dos tempos. O seu DNA mitocondrial (mtDNA) foi passando de geração em geração e está agora presente em todas as pessoas. Todos os mtDNAs presente em todas as pessoas do mundo é derivado do mtDNA da Eva mitocondrial. É a contraparte do Adão-Y, o Mais Recente Ancestral Comum - MRCA, por descendência patrilinear, que perdura apenas por cinco gerações. . O DNA mitocondrial humano é uma molécula contendo 16.539 pares de bases nitrogenadas já completamente sequenciadas.

As mitocôndrias são organelas essenciais para a maioria das células eucarióticas. Sem elas, as células não teriam a capacidade de produzir energia para todos os seus mecanismos metabólicos essenciais. No início da década de 1960, porém, pesquisadores suecos descobriram que, além de todos os processos energéticos ocorridos nas mitocôndrias, estas organelas possuem ainda outra grande importância: elas carregam DNA próprio.Apesar de ser extremamente pequeno – contendo apenas 37 genes – o DNA mitocondrial codifica importantes proteínas e, por muitos anos, carregou consigo um mistério que a ciência não conseguia desvendar: na grande maioria dos animais, apenas o DNA mitocondrial materno é passado de geração em geração. O DNA mitocondrial paterno nunca pode ser encontrado em nossas células, pois ele se degrada no momento da fecundação, restando somente as mitocôndrias do óvulo. Isto significa que suas mitocôndrias são presentes exclusivos de sua mãe.

Informe seu Email para receber notícias :