linkaki

Ciro Gomes chamou Lula de ladrão, mas entrou na Justiça com pedido para ver o condenado na prisão



O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TFR4) acaba de negar o pedido do ex-ministro Ciro Gomes para visitar o ex-presidente Lula na cadeia. O petista , que está preso desde o último dia 7 na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, já foi chamado de ladrão pelo próprio Ciro Gomes, conforme pode ser visto no vídeo no final da matéria.

É no mínimo curioso que alguém que diga que ninguém é idiota para acreditar na inocência de Lula chegue ao ponto de entrar com mandado de segurança no TRF-4 para ver o ladrão, após ter o requerimento negado pela 12ª Vara Federal de Curitiba. Pois é. Ciro Gomes chama Lula de ladrão e depois fica implorando para a Justiça para ir ver o condenado na prisão.

Ciro Gomes é reconhecido nacionalmente por sua falta de caráter, oportunismo e incompetência técnica comprovada durante sua passagem relâmpago pelo ministério da Fazenda durante o governo Itamar Franco. Em pouco mais de cem dias, Ciro conseguiu causar danos em milhares de empresas que levaram décadas para se consolidar no mercado.

Sua passagem por quase dez partidos ao longo de sua carreira é outro sinal da instabilidade de suas convicções. O oportunista se derretia em elogios ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso as vésperas de seu primeiro mandato, na esperança de conseguir manter seu cargo na pasta da Fazenda, mas se tornou um crítico ferrenho nos primeiros minutos de governo de FHC, após ter sido comunicado sobre sua dispensa.

As mudanças de humor e de opinião de Ciro também se estendem quando o assunto é Lula, Dilma e o PT. Mascarado, o ex-ministro tem um discurso no bolso para cada tipo de audiência. Ciro já afirmou que Dilma era uma anta, que FHC era corrupto e que Lula era ladrão e "um merda" em diferentes circunstâncias. Em outras declarações polêmicas, Ciro desafiou o juiz Sérgio Moro a mandar a Polícia Federal em sua casa e disse que receberia os agentes na base da bala. Dias depois, Ciro amarelou e concedeu uma entrevista elogiando o brilhante trabalho do magistrado, responsável pela 12ª Vara Federal de Curitiba, a mesma que negou o pedido de Ciro para ir ver lula na prisão.

O mesmo Ciro que chegou a traçar planos para sequestrar Lula para impedir a prisão do petista, afirma no vídeo abaixo que o erro de Lula foi o de misturar política com dinheiro. Ciro também reconhece que ex-presidente petista se vendeu a empresários poderosos, que movimentou milhões em seus esquemas de propina e afirma que ninguém é idiota para acreditar na inocência de Lula.



Informe seu Email para receber notícias :