linkaki

Vídeo mostra como o brasileiro sempre caiu feito patinho na lábia dos políticos



O povo continua refém da manipulação dos políticos, meios de comunicação e da elite que comanda o país há décadas. Enquanto a corrupção drenou dos cofres públicos menos de 0,01% de tudo que o país arrecada, isto no auge da corrupção do PT de Lula e Dilma, os donos dos altíssimos salários, penduricalhos e privilégios vergonhosos no serviço público mamam mais de 30% de tudo que o povo paga em impostos.

Pode-se dizer que entre os mais de 2 milhões de servidores, cerca de 200 mil deles fiquem com mais da metade dos bilhões que o governo gasta com a elite do funcionalismo público, composta por juízes, procuradores da República, desembargadores, técnicos da Receita, membros da Advocacia Geral da União, ministros do STF, etc. Gente que recebe salários acima de R$ 33 mil, além de benefícios como auxílio-moradia, escola para os filhos até 24 anos, férias de mais de 60 dias e outras bondades que dificilmente conseguiriam na iniciativa privada.

Os governos do PT elevaram a fatia de gastos do dinheiro do contribuinte com servidores em mais de 15% ao longo de uma década e meia. Isto significa que tiraram dinheiro de 99% da população para dar aos 1% mais ricos do país. Os agrados aos servidores tem uma explicação bastante simples: praticamente todos se tornaram cabos eleitorais do PT, incluindo setores do Judiciário, Ministério Público, funcionários de estatais como a Petrobras e BNDES, reitores e professores universitários, etc. Além de elevar acima da média os servidores, os governos do PT também fecharam os olhos para a incompetência, negligência, falhas, faltas e arrogância dos servidores para com os usuários dos serviços públicos. Não é por acaso que os ministros do STF dão a impressão que cagam e andam para a opinião da sociedade. O mesmo sentimento está presente nos servidores que vão aos seus locais de trabalho apenas para bater o ponto, enquanto dedicam a maior parte de seu tempo nas Redes Sociais atacando o atual governo que tentou lhes tirar os privilégios.

A corrupção drena o dinheiro do povo que serviria para investir em saúde, segurança e educação? Sim. É claro. Mas os salários absurdamente altos, os privilégios, regalias com passagens aéreas, locação de carros, combustível, diárias em hotéis de luxo no Brasil e no exterior, tudo bancado pelo contribuinte, são gastos pelos menos mil vezes maiores que o que era desviado em esquemas de corrupção.

A desculpa dessa gente que cria leis em benefício próprio usando o dinheiro do povo é a de eles merecem ganhar mais que um trabalhador da iniciativa privada. Mas ganhar até sete vezes mais que um trabalhador com a mesma formação é exagero. Alguns ainda dizem que não são eles que ganham muito, mas o cara que não fez concurso público que ganha pouco.

Os governos de esquerda defendem a visão de um estado forte, indutor da economia. Por isso, elevam os salários e privilégios vergonhosos dos servidores para que eles possam manter em funcionamento os restaurantes caros, as boutiques, o comércio de artigos de luxo, construtoras e outros setores que tem como principais clientes os servidores públicos. O trabalhador que ganha até 2 salários mínimos paga até 56% de tudo que ganha em impostos. Antes dos anos 2000, pagava cerca de 34%.

O problema é que nem mesmo o presidente da República pode mexer nestes altos salários e benefícios indecentes, pois foram leis aprovadas pelos próprios beneficiários, em conivência com os governos corruptos do PT de Lula e Dilma. Algo como um acordo implícito do tipo, "nós vamos roubar um pouquinho, mas vamos aumentar os salários de vocês e fechar os olhos para seus maus feitos". A corrupção criminosa prosperou justamente em troca da corrupção legalizada. Quando se questiona os gastos de mais de R$ 100 mil de servidores com passagens aéreas, o recebimento de auxílio-moradia para morar em sua própria casa, eles dizem que estão dentro da lei. Há servidores com contracheques de mais de R$ 300 mil.

No caso da Previdência, a situação é ainda mais vergonhosa. Enquanto o trabalhador da iniciativa privada contribui por mais de 30 anos para receber por aquilo que contribuiu mas acaba se aposentando com menos da metade da renda, os servidores se aposentam com até 25 anos de trabalho em média e recebem sete vezes mais que o aposentado do INSS da inciativa privada. Na média, o trabalhador brasileiro se aposenta com mais de 60 anos e um benefício de menos de R$ 1800,00, enquanto um servidor se aposenta com menos de 55 e recebe até R$ 28 mil por més.

Além de propor corte de privilégios, congelar reajustes para servidores, elevar a alíquota de contribuição para o INSS para este grupo de privilegiados, o atual governo tentou salvar cerca de 800 bilhões do povo ao propor a reforma da Previdência, na qual todo cidadão brasileiro, no futuro, receberia um teto de R$ 5.300,00 do INSS. Foi o suficiente para que se tornasse alvo de uma conspiração engendrada pelo ex Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, com os criminosos da JBS, para derrubar o governo. Foram coniventes setores do MPF, Polícia Federal, STF, Opositores mamadores de privilégios, toda a esquerda brasileira, sindicalistas, jornalistas de aluguel em blogs mantidos por especuladores do mercado financeiro, sindicalistas e meios de comunicação em geral. O presidente ousou ameaçar privilégios conseguidos ao longo da última década e meia de grupos com altíssimo poder de influência junto à população.

São estes mesmos grupos que continuam iludindo o povo repetindo exaustivamente o mantra do combate à corrupção, enquanto omitem da população que são os maiores mamadores do dinheiro do contribuinte. Basta observar que não há um pré-candidato à Presidência sequer falando em cortar privilégios, em propor regime único e democrático para a Previdência, ou acabar com os altos salários, os vergonhosos penduricalhos nos vencimentos e privilégios como auxílio-moradia. Todos só falam em corrupção, corrupção e corrupção, como se fosse uma lavagem cerebral no povo. Dos cerca de R$ 2.4 trilhões que a União arrecada do povo, apenas 7% disso é devolvido sob a forma de serviços. Não há como reduzir impostos, pois o governo precisaria entrar nestes míseros 7% que sobra para devolver à população. Os outros 93% que os servidores drenam, incluindo ai os gastos com a Previdência, são imexíveis por força de Lei. Nem o presidente da República pode fazer nada, como tentou e quase foi derrubado.

No vídeo abaixo, uma campanha criada pelo marqueteiro Duda Mendonça, para campanha do PT em 2002, ilustra bem como o povo tem sido manipulado pelos políticos com o marketing do combate à corrupção.  Enganam o povo prometendo acabar com os problemas do país combatendo a corrupção, que come justamente parte dos míseros 7% do dinheiro que o povo tem direito. Nos 93% que a máfia mama por força de Leu, ninguém mexe. Lula se elegeu em 2002 prometendo combater a corrupção. Mesmo tendo roubado como nunca no processo do mensalão, ainda conseguiu se reeleger prometendo combater a corrupção que ele próprio comandou no governo. Comandou uma organização criminosa que depenou a Petrobras e ainda conseguiu eleger Dilma duas vezes com campanhas de combate à corrupção.

O povo continua caindo feito patinho na lábia de políticos que insistem em repetir que o maior problema do Brasil é a corrupção. Assim como os jornalistas de aluguel, os artistas mamadores órfãos da Lei Rouanet, os empresários órfãos do dinheiro do BNDES, os procuradores, juízes e políticos que recebem auxílio moradia, etc.. São todos ratos cuidando dos interesses de outros ratos, enquanto os donos da casa não se dão conta do quanto estão sendo enganados. Mesmo que o novo presidente do Brasil não roube ou deixe roubar, de nada adiantará eleger alguém que não apresente soluções para os problemas do país e se comprometa a diminuir os privilégios da elite dominante. Tem que entrar nos 93% do dinheiro do povo que a máfia do serviço público reservou só para eles. Se o Brasil for esperar melhorar a arrecadação para resolver os problemas da população, serão mais 20 anos de espera. É preciso recuperar já pelo menos uma parte do que estão mamando do povo e devolver ao povo imediatamente.

Informe seu Email para receber notícias :