linkaki

Segurança de Lula que quase matou empresário deixa a delegacia, após ser indiciado por lesão corporal - Vídeo



O segurança do ex-presidente Lula que quase matou um empresário ao empurrá-lo para cima de um caminhão na última quinta-feira, foi finalmente indiciado pelo crime de lesão corporal. O ex-vereador de Diadema, Manoel Eduardo Marinho, conhecido como Toninho do PT, deixou a  delegacia da Polícia Civil de São Paulo no final da tarde desta segunda-feira, 09. acompanhado por Seu advogado.

Além de Maninho do PT, seu filho, Leandro também foi indiciado por agressão ao empresário Carlos Alberto Bettoni  em frente ao Instituto Lula, no Ipiranga, na Zona Sul de São Paulo, na última quinta-feira (5). Após uma covarde sequência de socos e chutes desferidos por Maninho do PT e seu filho brutamontes, Bettoni  foi empurrado por Maninho, caiu e bateu a cabeça no para-choque de um caminhão que passava na rua.

Os agressores não se preocuparam em socorrer o empresário, que ficou desacordado no meio do asfalto, após ter sofrido um grave traumatismo craniano. O empresário segue internado na UTI do hospital Hospital São Camilo e pode ser submetido a uma segunda cirurgia. Acompanhe no vídeo abaixo o momento em que Toninho do PT deixa a Delegacia da Polícia Civil em São Paulo.  Na sequência no mesmo vídeo, as agressões perpetradas covardemente contra a vítima indefesa:


Informe seu Email para receber notícias :