linkaki

PGR tem 90 dias de prazo para concluir inquérito pendente há mais de 2 anos contra Lindbergh Farias



O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu um ultimato à Procuradoria-Geral da República e determinou que o órgão conclua, nos próximos 90 dias, a análise de dados bancários em inquérito contra o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), parado há mais de dois anos na PGR

Gilmar Mendes salientou queo material foi anexado à investigação em setembro de 2015 e, desde então, "a PGR limita-se a requerer sucessivas prorrogações do prazo para a conclusão da análise, sem notícia sobre o andamento da diligência".

Segundo a revista Época, "O ministro concedeu 90 dias de prazo à procuradoria, "pela derradeira oportunidade", para a conclusão dos trabalhos. A apuração é relativa a irregularidades no período em que o parlamentar foi prefeito de Nova Iguaçu (RJ). O petistas, outras pessoas e empresas tiveram os sigilos bancários quebrados a pedido dos investigadores".

A PGR e o MPF ainda possuem setores bolivarianos simpáticos a petistas como Gleisi Hoffmann, Humberto Costa, Dilma Rousseff e o próprio Lindbergh Farias, todos citados dezenas de vezes por delatores da Lava Jato e envolvidos em inquéritos que estão parados há anos. 

Informe seu Email para receber notícias :