linkaki

Pesquisa duvidosa aponta que apenas 57% dos brasileiros consideram Lula culpado. Mas pesquisa não muda a Lei e condenado está preso



O ex-presidente Lula e o PT distribuíram milhões do dinheiro do contribuinte para institutos de pesquisas de todo o Brasil ao longo de quase uma década e meia. Era pesquisa quantitativa e qualitativa para tudo quanto é gosto, realizadas em vários estados. Algumas, ninguém nem ouvia falar.

Durante os governos do PT de Lula e Dilma, a indústria dos institutos de pesquisa prosperou como nunca. Durante uma entrevista exclusiva ao site petista Brasil 247, o diretor do Instituto Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, afirmou que Lula disputando as eleições seria muito importante para o Brasil.

Neste fim de semana, o Instituto de Pesquisas Ipsos divulgou um levantamento no qual a quase totalidade da população (95%) acha que as investigações da Lava Jato devem continuar após a prisão do ex-presidente Lula. O dado parece bastante razoável, mas contrasta enormemente da parcela dos que concordam com a prisão do condenado: segundo o Ipsos, apenas apenas 57% dos brasileiros consideram Lula culpado.

As incongruências nos números são incompatíveis. Enquanto 95% dos entrevistados apoiam a Lava Jato, 99% dos crimes investigados ocorreram durante os governos de Lula e Dilma, inclusive os que resultaram nos R$ 51 milhões apreendidos em um apartamento do ex-ministro Geddel Vieira Lima. De acordo com a Polícia Federal, as notas foram fabricadas em 2015, quando Geddel atuava no governo Dilma.

Por outro lado, a maioria da população sabe que o ex-presidente Lula é praticamente a razão da Operação Lava Jato existir. O petista foi denunciado ao STF como o chefe da organização criminosa que vitimou a Petrobras. Além de Lula, foram denunciados a ex-presidente Dilma Rousseff, os ex-ministros petistas  Antonio Palocci, Guido Mantega, Edinho Silva e Paulo Bernardo, sua esposa, a senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT; e o ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto.

Tendo em vista estes fatos, fica difícil levar a sério uma pesquisa que atesta que 95% dos entrevistados apoiam a Lava Jato e apenas 57% consideram Lula culpado. De todo modo, pesquisa não muda o resultado dos Tribunais que condenaram o petista por unanimidade. O importante é que Lula está preso e que a Lava Jato ainda tem muita gente para colocar atrás das grades nos próximos meses e anos. 

Informe seu Email para receber notícias :