linkaki

"O sujeito que enganou o mundo". Imprensa internacional destaca a prisão de Lula



A prisão do ex-presidente Lula não mobilizou apenas os meios de comunicação do Brasil ao longo do último fim de semana. Embora tenha tido a reputação praticamente dizimada ao redor do mundo desde a deflagração da Operação Lava Jato, a prisão do petista mereceu destaque nos principais jornais do mundo. O "ex-cara" estampou as manchetes de praticamente toda a imprensa mundial. Os analistas estrangeiros só não compreenderam bem por que Lula não foi preso ante, após ter sido condenado a uma pena de 12 anos e um mês em regime fechado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Nos Estados Unidos, o Washington Post lembrou que o homem chamado pelo ex-presidente norte-americano Barak Obama de “o político mais popular do mundo” converteu-se no “prisioneiro mais famoso da região”. O New York Times, em sua versão em espanhol, colocou na manchete a "virada" na carreira de um operário metalúrgico, que enfrentou a ditadura e chegou à Presidência da República".

O britânico The Guardian também noticiou que Lula se entregou, depois de desafiar o pedido de prisão do juiz Sérgio Moro e de afirmar inocência. Segundo o jornal britânico, a prisão dele representa o fim de “uma era da esquerda no Brasil” . Na França, o Le Monde ressalta que Lula demorou para se entregar à Polícia Federal.

Logo após surgirem as primeiras revelações sobre os crimes de Lula por volta de 2016, os jornais de maior credibilidade do mundo já passavam a tratar o petista como "o sujeito que enganou o mundo". Durante sua visita ao Brasil em outubro do ano passado, o ex-presidente Barack Obama, simplesmente ignorou os emissários de Lula que tentaram agendar um encontro entre os dois ex-chefes de Estado. Lula teria ficado profundamente magoado. Afinal, foi o próprio Obama quem disse que ele era "O Cara". A sorte dos brasileiros é que o juiz federal Sérgio Moro não botou muita fé na declaração de Obama e coloco 'o cara' em cana. 

Informe seu Email para receber notícias :