linkaki

O STF terá coragem de livrar Lula da prisão? Brasil e as Forças Armadas mobilizados em dia histórico no combate à impunidade



O Brasil e as Forças Armadas do país estão mobilizados neste dia histórico em que Supremo Tribunal Federal (STF) concluirá o julgamento do habeas corpus preventivo no qual o ex-presidente Lula pede para não ser preso, após ter sido condenado a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex no Guarujá.

Além desta condenação em dupla jurisdição, Lula é réu em outras seis ações penais e alvo de outros inquéritos criminais, onde é apontado como protagonista de centenas de crimes de lavagem de dinheiro, corrupção e organização criminosa. O próprio STF já recebeu uma denúncia da Procuradoria-Geral da República que aponta Lula como chefe de uma organização criminosa, na qual também foram denunciados vários petistas, como a ex-presidente Dilma Rousseff, Gleisi Hoffmann e seu marido Paulo Bernardo, Guido Mantega, Antonio Palocci, entre outros.

Neste dia histórico, os onze ministros do STF terão que assumir publicamente se livram o ladrão da prisão. Independente dos argumentos, os membros do Colegiado terão que se expor perante a nação que luta há década contra a corrupção e a impunidade no país. Os membros do colegiado decidirão se livram o condenado em primeira e segunda instância da prisão. Se o pedido for rejeitado, Lula pode ficar diante da possibilidade de um mandado do juiz Sergio Moro determinando a imediata execução da pena, de 12 anos e um mês de prisão. Com a negligência dos ministros do STF e de outras autoridades do país, Lula roubou e ajudou a roubar bilhões do dinheiro do contribuinte ao longo de quase uma década e meia.

Acompanhe ao vivo o julgamento do recurso de Lula no STF:



Informe seu Email para receber notícias :