linkaki

“Lula roubou sim, ganhou um sítio dos empreiteiros, ganhou milhão de palestra. Mas roubar é coisa de todo", diz eleitor de Lula



O fiasco da manifestação contra a prisão do ex-presidente Lula no município de Garanhuns, no Agreste Pernambucano não foi o único fato destacado por uma reportagem publicada na Folha de São Paulo. A conivência dos simpatizantes de Lula com seus crimes e a forma descarada com que reconhecem que o petista não passa de um ladrão de alguns depoimentos é chocante.

Embora a publicação tenha tentado realçar o fato do petista ser um ladrão que rouba mas faz, não há como dissociar o caráter criminoso de Lula ao caráter dúbio de seus simpatizantes, incluindo ai alguns jornalistas.

Segundo a reportagem, "Não juntou mais de 200 pessoas no Largo da Colunata, centro comercial da cidade, muitos deles militantes de esquerda e do PT. Nos discursos, ataques à mídia, à criminalização da política, à politização da Justiça, ao “golpe” e elogios ao progresso material dos anos Lula". Esta foi apenas a primeira de muitas 'puxadas de brasa' da matéria para o lado do criminoso condenado.

Não há como não questionar o caráter do jornalista, do editor do jornal e da própria empresa quando se leva em conta observações como as inseridas no corpo da reportagem, como: "Lula tem culpa, corrompeu-se? Se “roubou”, nada que se compare aos milhões que levaram acusados na Lava Jato ainda soltos. O possível crime, menor, é de vez atenuado quando se recordam os feitos atribuídos ao governo do ex-presidente".

“Lula pode ter roubado um pouquinho, mas todo mundo rouba muito", defende Agnaldo Mariano da Silva, 47, trabalhador de usinas de açúcar na região.

“Lula roubou sim, ganhou um sítio dos empreiteiros, ganhou milhão de palestra. Mas roubar é coisa de todo mundo agora. Melhorar a vida do povo, que teve mais dinheiro para gastar, não vi ninguém melhorar como ele.” diz mais um dos entrevistados destacados pela matéria da Folha.

O perfil do eleitor de Lula é o mesmo de outros candidatos populistas que recebem auxílio-moradia para morar em suas casas próprias. Parte do povo brasileiro parece não se importar com políticos que fazem a festa com o dinheiro do contribuinte. A burrice e o fanatismo não tem limites morais ou éticos. 

Informe seu Email para receber notícias :