linkaki

Lula está isolado e vive “estado de solidão” na prisão, conclui relatório de senadores petistas



O grupo de senadores petista que integram Comissão de Direitos Humanos do Senado apresentou um relatório sobre a vistoria realizada  no dia 17 de abril nas condições da prisão do ex-presidente Lula. Segundo o relator da Comissão, João Capiberibe (PSB-AP), Lula está isolado e vive “estado de solidão” na prisão. O relatório aponta que as instalações da PF de Curitiba são boas, mas que ex-presidente está isolado.

O relatório concluiu que Lula está preso. "A comissão pôde verificar que as condições gerais da carceragem são adequadas, porém é extremamente limitado o acesso de visitas, sendo constatada a violação da Lei de Execuções Penais que garante ao preso a visita de parentes e amigos. A violação a esse direito tem prejudicado o ex-presidente, que se encontra em estado de solidão diante da impossibilidade de receber seus amigos", diz o relator da Comissão.

Em razão do que prescreve o artigo 41, inciso X e parágrafo único, da Lei n. 7.210/1984 (Lei de Execução Penal), o regime de visitas ao ex-presidente Lula, assim como os demais detentos da carceragem da Sede da Polícia Federal, em Curitiba, está restrito a familiares e advogados do petista. Em outras palavras, não há como o PT transformar a sede da PF em um escritório político de Lula ou uma espécie de Sindicato.

Informe seu Email para receber notícias :