linkaki

Lula e o PT querem um defunto: "Quero ver a polícia vir aqui" prender o condenado, desafia sindicalista.



O ex-presidente Lula está conduzindo uma verdadeira escalada de abusos contra as autoridades desde que foi denunciado pelo Ministério Publico Federal há cerca de dois anos e meio. O petista já ofendeu procuradores da República, a Polícia Federal, o juiz Sérgio Moro, além dos magistrados do TRF-4, STJ e STF.

A arrogância de Lula, que ainda se vê como um iluminado e intocável que se encontra acima da Justiça, atingiu o ápice logo após o juiz Sérgio Moro decretar sua prisão no final da tarde de quinta-feira, 05, quando o petista se refugiou na sede Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo para resistir à prisão.

Encorajados por Lula, seus cúmplices e subordinados estão agredindo manifestantes, a imprensa e as autoridades do país desde o início da noite em que o petista teve sua prisão decretada. Em discurso no carro de som no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Gomes, da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), acaba de desafiar a Polícia Federal a buscar Lula no local: “Quero ver a polícia vir aqui depois das 5 horas”.

O objetivo de Lula é estressar a Justiça brasileira até o limite e produzir um defunto para que seus cúmplices possam usá-lo como símbolo durante as eleições de 2018.

Informe seu Email para receber notícias :