linkaki

Lula chega de jatinho no Rio para tirar uma casquinha no assassinato de Marielle Franco, antes que o caso esfrie



Após o fiasco da caravana pela região Sul do país, o ex-presidente Lula aterriza com seu jatinho nesta segunda-feira, 02 no Rio de Janeiro. O petista participará de um evento denominado "em defesa da Democracia", aos lado de Guilherme Boulos, Marcelo Freixo, Manuela d'Ávila, Gleisi Hoffmann e companhia.

Segundo os organizadores do ato, que ocorrerá no  Circo Voador, na Lapa, região central, a partir das 18h, trata-se de um protesto "em defesa da democracia, contra o fascismo e a violência como formas de expressão política,  e por justiça para Marielle Franco e Anderson Gomes, executados no dia 14 de março, no centro do Rio" Ninguém vai falar sobre a roubalheira na Petrobras ou sobre a condenação do criminoso no caso do triplex do Guarujá.

Há uma certa pressa em tirar uma casquinha do incidente envolvendo os assassinatos da vereadora Marielle Franco e de seu motorista 'informal' Anderson Gomes, antes que o caso esfrie.
Como já era de se esperar, as contradições envolvendo a punição exemplar de criminosos estarão presentes. Os representantes da esquerda vão exigir a prisão de corruptos, mas defenderão o direito de Lula ser candidato nas eleições presidenciais de outubro.  Segundo os representantes da esquerda, a violação da Lei da Ficha Limpa, que proíbe que condenados em segunda instância disputem eleições, defender a candidatura de Lula, o condenado em 2.º grau, é defender a democracia.

Condenado na Lava Jato a uma pena de mais de 12 anos de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, o petista terá um pedido de habeas corpus  julgado nesta quarta-feira (4) pelos ministros do Supremo Tribunal Federal.

Informe seu Email para receber notícias :