linkaki

Defesa de Lula provoca Moro e pede que ele transfira processos como o do sítio em Atibaia para Justiça de SP



A defesa do ex-presidente Lula já provocou o juiz Sérgio Moro, após a decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, que retirou das mãos do juiz federal trechos da delação da Odebrecht e ordenou a remessa para a Justiça de São Paulo.

Nesta quarta-feira, 25, a defesa do petista protocolou petição no gabinete de Moro, para que promova a ‘imediata remessa’ para a Justiça de SP dos processos em que é réu – a ação do sítio de Atibaia e a do terreno destinado à futura sede do Instituto Lula, ambas abastecidas com delações de executivos da Odebrecht.

A provocação: No ofício encaminhado ao magistrado, os advogados de Lula citam a decisão do Supremo. “Na data de ontem (24.04.2018), a 2.ª Turma do Supremo Tribunal Federal acolheu embargos de declaração opostos pelo aqui Peticionário no Quarto AgRg na PET 6.780/DF ‘determinando a remessa dos termos de colaboração e seus respectivos elementos de corroboração à Seção Judiciária do Estado de São Paulo’.”

“Diante do exposto, requer-se a imediata remessa dos autos processuais para livre distribuição na Seção Judiciária do Estado de São Paulo com os consectários legais decorrentes da incompetência deste Juízo (Código de Processo Penal, artigo 564, I), a menos que se queira desafiar a autoridade da decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal.”, ironizaram os advogados de Lula. 

Informe seu Email para receber notícias :