linkaki

Advogados pedem no STF a soltura imediata de Lula. Vai que cola?



Após uma sequência devastadora de derrotas, a defesa do ex-presidente Lula entrou nesta sexta-feira, 13, com mais um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF); Os advogados do condenado pedem a soltura imediata de Lula numa ação contra a decisão do ministro Edson Fachin que negou seguimento à reclamação contra a prisão do petista, protocolada há uma semana.

No pedido, os advogados pedem que o ministro Fachin "reconsidere" a decisão que negou seguimento a sua reclamação, proferida no último sábado, 7. Na consequência, os advogados pedem que seja expedido o alvará de soltura de Lula, e um salvo conduto para que o petista possa aguardar em liberdade até que sua prisão seja “fundamentada”.

O pedido é assinado por Sepúlveda Pertence, Cristiano Zanin e os demais advogados que compõem a defesa de Lula. Alguém tem que mostrar serviço, após o pagamento de milhões em honorários. Vai que cola?

Caso o ministro Edson Fachin ignore o pedido para reconsiderar a própria decisão, os advogados pedem que o recurso seja analisado na Segunda Turma do STF. Por último, se não forem atendidos os primeiros requerimentos, a defesa quer a concessão de um habeas corpus “de ofício” para Lula.

Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde último sábado, 7, quado começou a cumprir sua pena de 12 anos e um mês de prisão em regime fechado, após ter sido condenado em duas jurisdições pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá. 

Informe seu Email para receber notícias :