linkaki

STF desceu ao nível de Lula em termos de desmoralização nacional



Nunca antes na história deste país, o Supremo Tribunal Federal esteve tão desmoralizado perante a opinião pública. Mas ao se rebaixarem para livrar Lula da cadeia e proibir a Justiça de fazer Justiça, os ministros do STF atingiram um nível tão rasteiro quanto ao do criminoso condenado também perante a imprensa nacional.

O Estadão afirma em Editorial que “Num espetáculo indigno de uma Corte cuja função é ser obstáculo aos excessos do poder, a maioria de seus ministros aceitou prestar vassalagem ao chefão petista. O Supremo, em sua atual composição, reafirmou assim sua vocação de cidadela dos poderosos com contas a acertar com a Justiça.

(…) O demiurgo de Garanhuns não tem mais foro privilegiado, e no entanto foi tratado no Supremo como se tivesse. Mereceu a deferência de ter seu caso apreciado antes de muitos outros, não por coincidência às vésperas da provável rejeição de seu derradeiro recurso no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região contra a condenação a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro".

O Globo vai além do gesto imoral dos ministros em conceder a Lula um vale imunidade total e se antecipa sobre as consequências do Supremo estender a garantia de impunidade ao petista para além do dia 4 de abril, data prevista pela Corte para julgar o mérito do habeas corpus no qual o petista pede para não ser preso, mesmo após ter sido formalmente condenado em segunda instância, após o fim da jurisdição do processo do triplex do Guarujá no Tribunal Federal da 4.ª Região de Porto Alegre:

“Se aceitar o habeas corpus que livra Lula, o STF estará reinstalando no país a chaga da impunidade que está por ora represada. Significa que Lula e todos os demais condenados por um juiz, com a sentença confirmada por um colegiado de magistrados, seguirão livres até que o Superior Tribunal de Justiça e mais tarde o próprio STF julguem o julgamento dos julgadores das instâncias anteriores. Podem até dizer que o STF adotaria uma medida intermediária e os recursos teriam de acabar no STJ. Não acredite nisso. As coisas não funcionam assim com advogados, juízes, recursos e habeas corpus Brasil".

Não só o ladrão e o lavador de dinheiro público, mas também o assassino e o estuprador, não importa quais, nem quantos, todos serão beneficiados se o STF conceder o habeas corpus. A tramitação de uma ação em todas as instâncias, dependendo do advogado ou do escritório de advocacia, pode durar o tempo necessário para que o crime prescreva.”

Em consultas recentes, até 82% da população reconheceu que Lula poderia ser preso pelos crimes que cometeu. Ao menos diante desta mesma parcela da população, o STF pode estar sendo visto agora como cúmplices de um criminoso condenado. 

Informe seu Email para receber notícias :