linkaki

Rodrigo Janot é massacrado nas Redes Sociais ao posar de santo



O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot foi duramente massacrado neste fim de semana ao publicar em sua conta pessoal no Twitter um encontro entre o presidente Michel Temer e a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia.

O encontro entre os dois representantes do poder executivo e judiciário constou na agenda do de Temer e de Cármen Lúcia. Os dois confirmaram que trataram de assuntos relativos à intervenção no Rio e questões gerais envolvendo Segurança Pública. Independente do tero do encontro, é saudável para qualquer democracia que chefes de poderes convivam de forma Republicana, como ocorre em qualquer país democrático.

O problema é que o Senhor Rodrigo Janto, o homem que andou se encontrando secretamente com o advogado do criminoso Joesley Batistas na véspera de sua prisão em um canto de em boteco de Brasília tentou insinuar que havia algo de errado em um encontro amplamente coberto pela imprensa. Os usuários do microblog Twitter não perdoaram a militância do ex-procurador-geral que se refugiou na Colômbia após a derrocada do acordo com os criminosos da JBS e detonaram Janot sem piedade.

Centenas de usuários responderam seu comentário com as vergonhosas fotos de seu  encontro secreto com o advogado de Joesley Batista, Pierpaolo Bottini, no fundo de um bar de Brasília. O ex-procurador-geral é visto por muitos como um dos maiores sabotadores do Brasil, ao lado dos irmãos Batista. Neste fim de semana, Wesley Batista, solto há uma semana, foi duramente hostilizado em um restaurante de São Paulo.

Informe seu Email para receber notícias :