linkaki

"Portar ovos não é crime", diz policial a petistas que expulsaram casal em ato de Lula em Curitiba



A caravana do ex-presidente Lula registra mais um episódio pitoresco na etapa final da comitiva que se encerra no ato em Curitiba nesta quarta-feira, 28. Segundo matéria publicada na revista EXAME,  "Um casal que carregava duas caixas de ovos foi expulso por militantes petistas da Praça Santos Andrade, no centro de Curitiba. Logo em seguida, um petista denunciou o casal para um grupo de policiais que se encontravam nas imediações. O soldado Silva Souza respondeu ao petista que portar ovos não é crime.

O casal formado pelo empresário Fabio Monroe, de 44 anos, e a gerente comercial Rosangela Araújo, de 47 anos, foram obrigados a deixar a praça sob ameaças de militantes petistas que diziam “coxinha aqui, não”. Um deles jogou água no casal.

Quando perguntados sobre quais seriam suas intenções com as caixas de ovos, Monroe respondeu: “se eles estão fazendo o exercício democrático deles, a gente também quer. Os ovos são para fazer o que paranaenses, riograndenses e catarinenses fizeram nos últimos dias”.

Informe seu Email para receber notícias :