linkaki

Lula volta a comparar manifestantes com nazistas. A resposta de um cidadão indignado continua valendo




Durante o encerramento de sua caravana pela região Sul do país, o ex-presidente Lula voltou a comparar manifestantes contrários à sua presença na região aos nazista.

"Eu não sei quem é essa gente, só sei que não são democratas. Estão mais para fascistas e nazistas do que qualquer coisa. Tudo menos democracia", disse Lula do alto do palanque montado na praça Praça Santos Andrade, no centro de Curitiba, após os discursos de correligionários e apoiadores como a ex-presidente Dilma Rousseff, a senadora Gleisi Hoffmann, presidente do PT, a Manuela D'Ávila e Guilherme Boulos, pré-candidatos a presidência pelo PCdoB e PSOL.

Esta não é a primeira vez que Lula se refere ao povo brasileiro que não vai com a sua cara como nazistas. Abaixo, outras circunstâncias em que o petista chamou manifestantes de nazistas e uma resposta à altura para ofensa tão grave. A resposta de três anos atrás ainda está valendo:

"Sentindo-se à vontade em meio a cúmplices e protegido por um forte esquema de segurança, o ex-presidente lula voltou a comparar os brasileiros contrários à roubalheira do PT aos nazistas nesta segunda-feira, 11 de abril, durante ato organizado pela CUT no Rio de Janeiro.

"Acham que quero incitar a luta de classes. Não quero dividir a sociedade. O País não pode ser dividido entre aqueles que se acham mais brasileiros porque usam verde e amarelo. Não se mede o brasileiro pela cor da camisa, mas pela vergonha na cara e pelo trabalho que fazemos", afirmou o ex-presidente. "Vejo que eles têm ódio de mim, vejo como eles me tratam. Mas nesse país ninguém governou o país para todos mais do que eu" "Foi assim que surgiu o nazismo na Alemanha, quando Hitler mandou perseguir os socialistas e os comunistas". Comparou Lula.

O ex presidente já havia feito as mesmas declarações durante discurso na posse da diretoria do Sindicato dos Bancários do ABC, em Santo André, no ano de 2015. Na oportunidade, sua fala mereceu algumas respostas que ficaram entaladas na garganta de muita gente. A mesma resposta vale para os dias de hoje:

Lula  - “Quero dizer para vocês que estou cansado de mentiras e safadezas, estou cansado de agressões à primeira mulher que hoje governa esse país. Estou cansado com o tipo de perseguição e criminalização que tentam fazer à esquerda desse país. Parece os nazistas criminalizando o povo judeu”

R - Não, Lula. Não queira se comparar ao povo judeu. Não são ladrões como você seus companheiros. Ao contrário dos integrantes acomodados da esquerda no Brasil, que vivem sugando o dinheiro do povo, que vivem sossegados na sombra do aparelhamento do Estado e dos vermes que recorrem aos benefícios da lei Rouanet, o povo Judeu é um povo trabalhador e honesto.

Não, Lula. 90% da população não é nazista. São trabalhadores, honestos, chefes de família que acordam cedo para garantir o sustento do seus às custas de muito suor. Inclusive as vítimas da crise criminosa criada por você e os ladrões de seu partido. São 10 milhões de desempregados, . Estes sim, estão cansados de mentiras, safadezas e indignado com tanta roubalheira.

Os nazistas, psicopatas covardes, assassinos e torturadores, executaram entre 6 e 10 milhões de pessoas, entre judeus, ciganos, negros, aleijados e homossexuais. Não são tão diferentes de seus ídolos Fidel Castro e Che Guevara. A comparação do povo brasileiro aos nazistas, um dos grupos mais cruéis da história da humanidade, só poderia ter origem na mente doentia de uma pessoa medíocre como você.

Não, Lula. O povo brasileiro não persegue a esquerda ou a direita. Não se trata de partidos, mas sim de indivíduos. O que o povo não tolera mais são os corruptos ladrões que há mais de doze anos se aglutinaram em torno de você e do seu partido, o PT, para juntos roubarem o país.

Lula - “Nunca tinha visto na vida pessoas que se diziam democráticas e não aceitaram uma eleição que elegeu uma mulher presidente da República”.

R - Não Lula. Os brasileiros são democráticos sim. Os que não votaram em Dilma aceitaram sim o resultado das urnas. O que os brasileiros, inclusive os que votaram na atual presidente não aceitaram foi o estelionato eleitoral que ficou comprovado logo nos primeiros dias de governo. Independente de ser mulher ou não, Dilma provou seu mau caratismo ao mentir ao povo, usou de má fé e traiu não apenas aqueles que lhe deram um voto de confiança, mas a toda uma nação. Assim como você, Dilma também se elegeu com dinheiro roubado da Petrobras, como já ficou comprovado pela justiça.

Lula - “Eles não suportam que um metalúrgico quase analfabeto tenha colocado mais gente na faculdade do que eles, não suportam que a gente não deixou privatizar o Banco do Brasil e comprou a Nossa Caixa e o Banco Votorantim”,

- Não, Lula. A sociedade, que não é preconceituosa. Tanto é que elegeu um metalúrgico quase analfabeto. O que o povo não se conforma é com o fato de um presidente que teve a oportunidade de entrar para a história como um grande estadista tenha preferido formar uma organização criminosa para saquear a nação e quase destruir a Petrobras. Você é uma vergonha para milhares de metalúrgicos e analfabetos honestos.

Não queira se comparar à gente honesta. Você é que não suporta ver um grupo de jovens juízes e promotores colocando na cadeia aqueles que roubaram o país para sustentar você e seu grupo no poder por mais de 13 anos. Você é que não se conforma em ver todo o seu esquema de corrupção ir por água a baixo.

Você que não se conforma com o risco concreto de ser o primeiro presidente da república a ser preso por corrupção. Você é que não se conforma com o fato de que qualquer metalúrgico ou brasileiros analfabeto ter o direito de andas nas ruas de cabeça erguida, enquanto você é um milionário que tem que se esconder e andar de cabeça baixa.

Lula - “Eu, sinceramente ando de saco cheio. Profundamente irritado. Pobre ir de avião começa a incomodar; fazer faculdade começa incomodar; tudo que é conquista social incomoda uma elite perversa”.

R - No dia 17 de abril, nas ruas de todo o país e principalmente em frente ao Palácio do Planalto, você verá quem é que está realmente de saco cheio com você e sua turma de corruptos.

Saiba que o que incomoda todos os brasileiros e não apenas à elite, que também trabalha, é a cara de pau com que roubam o país e tentam se colocar no papel de vítimas. Você e seus companheiros são responsáveis pela maior sequencia de roubos aos cofres púbicos de toda a história.

O que vocês roubaram, junto com seus amigos empreiteiros, daria para construir dezenas de universidades, escolas e hospitais. Haveria menos crianças fora da escola, menos jovens fora das universidades e menos pessoas morrendo por falta de serviços de saúde.

O que revolta é que mais e mais pobres realmente poderiam viajar de avião no Brasil, não fosse a crise criminosa instalada no país, onde os pobres não podem nem mais comer carne. O que revolta, é ver milhões de jovens de fora do Fies e de outros programas de financiamento estudantil. Não fossem vocês um bando de ladrões, mais e mais jovens poderiam esta agora nas faculdades.

Vocês roubaram o país como se o mundo fosse acabar amanhã. Vocês destruíram milhares de pequenas empresas e a vida de milhões de chefes de família, que perderam seus empregos após tanta roubalheira.

O fato do governo Dilma ostentar a maior taxa de rejeição da história deste país e contar apenas com o apoio de cúmplices de toda a bandidagem que se apoderou do Estado,  não lhe dá o direito de chamar os outros 90% da população de nazistas. Mas eles têm o direito de chamá-lo de ladrão".

Fonte: SinteseNews

Informe seu Email para receber notícias :