linkaki

Lula sempre recebeu "mensalinho" da OAS, disse o dono da construtora Gautama



Condenado a 12 anos de prisão em regime fechado no caso do triplex do Guarujá, o ex-presidente Lula tentou se fazer de bobo perante as autoridades, exigindo uma escritura do imóvel com seu nome. O fato é que, além de todas as evidências que comprovaram que o imóvel havia sido reservado para ele, o próprio cúmplice na jogada, seu ex-amigo pessoal e presidente da empreiteira OAS, Léo Pinheiro, confessou sua participação nos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. O empreiteiro confirmou que reservou e reformou o triplex para Lula em contrapartida por contratos superfaturados na Petrobras.

Mas não foram apenas as confissões do cúmplice de Lula neste crime que levaram 9 magistrados a confirmarem sua participação nos crimes. O primeiro foi o juiz Sérgio Moro. Na sequência, três desembargadores do TRF-4 e logo em seguida, cinco ministros do STJ.

Entre outros relatos que ligam Lula aos crimes que acabou condenado, está o depoimento do Engenheiro Zuleido Veras. Em entrevista à Veja, Veras afirmou que o ex-presidente sempre recebeu recursos da construtora OAS, de seu amigo pessoal, Léo Pinheiro durante muitos anos.

Zuleido Veras também confirmou que cartel criminoso de empreiteiras que participaram do assalto à Petrobras foi montado durante o governo Lula com o propósito de levantar recursos bilionários para eleger a presidente Dilma Rousseff.

O Engenheiro é dono da construtora Gautama, trabalhou durante dez anos na OAS, num cargo importante, ao lado do dono da empreiteira e amigo de Lula, Léo Pinheiro, que aparece na fotos ao lado de Lula no triplex do Guarujá. A OAS "herdou" o condomínio Solaris, onde fica o suposto apartamento de Lula, da falida Bancoop, a cooperativa usada pelo PT para levantar recursos para campanhas eleitorais que lesou três mil famílias.

Zuleido Veras confirma que a relação promíscua entre Lula e a OAS sempre existiram. Segundo o empreiteiro, Léo Pinheiro, o ex-presidente da OAS investigado na Lava Jato, sempre bancou Lula com "mensalinhos" em torno de"30, 20 e 10, mil reais" em valores atualizados.

O empreiteiro não poupou ninguém e disse que "deu por fora" um dinheirinho para Jaques Wagner e que Dilma Rousseff"sempre soube de tudo" sobre a roubalheira na Petrobras.Quem é que não sabe que a Erenice Guerra era a arrecadadora da Dilma? Todo mundo sabia disso no mercado, que ela arrecadava dinheiro junto às empreiteiras"

Zuleido chegou a ser preso em 2007,  em uma operação da Polícia Federal, quando foi acusado de pagar propina para garantir contratos milionários no governo, mas respondeu ao processo em liberdade.

Informe seu Email para receber notícias :