linkaki

Lula prega o ódio, chama manifestantes de fascistas e promete: "A gente vai dar é porrada"



O ex-presidente Lula perdeu o controle durante ato na noite deste sábado (24) em Chapecó, no oeste de Santa Catarina, ao chamar manifestantes contrários à sua presença na cidade de fascistas e estimulou a militância a reagir  com violência e porrada aos protestos de manifestantes:

"A gente vai dar é porrada se não respeitarem a gente. Não queremos briga, mas nós não fugiremos dela", disse, ao final de um discurso inflamado. "Aprendam, fascistas, a fazer democracia, aprendam a convivência democrática e a diversidade, porque senão o ódio vai prevalecer."

Mais cedo, na capital catarinense, Lula havia iniciado a escalada no tom contra os manifestantes insatisfeitos com sua condição de impunidade garantida pela Corte Suprema do país: "Não nos provoquem. Se derem um tapa na nossa cara, a gente não vai apenas virar para o lado, a gente vai retribuir até eles aprenderem a viver democraticamente", disse.

O recado de Lula surtiu efeito. Capangas do petista atacaram manifestantes durante sua passagem por Florianópolis. Veja o registro das agressões no vídeo abaixo:

Informe seu Email para receber notícias :