linkaki

Lula poderá preso na próxima semana, caso STF não queira se tornar o esgoto da Justiça no Brasil e negue o habeas corpus ao petista

Fotomontagem meramente ilustrativa


O ex-presidente Lula poderá ser preso já na próxima quinta-feira, caso os ilustres ministros do Supremo Tribunal Federal honrem o entendimento em vigor no país, no qual bandidos condenados em duas jurisdições podem iniciar o cumprimento da pena.

Os ministros do STF já frustraram o país na última quinta-feira, 22, quando adiaram a sessão de julgamento do habeas corpus preventivo do petista às vésperas do fim da jurisdição de seu caso no TRF-4. Caso os ministros tivessem cumprido com o dever para o qual são regia e supra remunerados, se tivessem seguido a regra que prevalece no país sobre a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância, Lula estaria preso hoje e teriam poupado o país de cenas lamentáveis protagonizadas pelo petista na reta final de sua caravana da vergonha pela região Sul do país.

Caso os ministros do STF, que se reunirão novamente no dia 4 de abril para torrar o dinheiro do contribuinte com a continuidade do julgamento do HC de Lula decidam permitir que o petista recorra em liberdade contra a condenação em segunda instância por sua condenação no caso do tríplex do Guarujá, o Supremo estará escancarando a saída do esgoto para criminosos de toda sorte, como estupradores, assassinos, pedófilos, sonegadores, corruptos e demais bandidos condenados ou prestes a serem condenados em segunda instância.

Lula pode se safar desta, mas nada o livrará do cheiro de carniça que acompanha o criminoso condenado que ainda é réu em outras seis ações penais e alvo de outros inquéritos criminais. Já o Supremo se tornará o esgoto da Justiça do Brasil e seus ministros, os abutres que se nutrem da carniça da corrupção, da bandidagem e da impunidade.

Informe seu Email para receber notícias :