linkaki

Lula não consegue fugir dos gritos de ladrão vindos da multidão em São Miguel do Oeste (SC)



O ex-presidente Lula não conseguiu fugir dos gritos de ladrão repetidos por uma multidão durante seu último ato público em Santa Catarina, na noite deste domingo na Praça Walnir Bottaro Daniel, no centro de São Miguel do Oeste, (SC).

A caravana do petista foi recepcionada com uma chuva de ovos podres logo na entrada da cidade. No local do ato, centenas de manifestantes contrários à presença de Lula na cidade repetiam o coro "Lula, ladrão, seu lugar é na prisão". A Polícia Militar manteve uma área maior de distância entre os dois grupos e usou inclusive a cavalaria para garantir um certo isolamento do evento, mas a voz da multidão chegava ao palco onde o petista discursava.

Visivelmente constrangido por mais este ato de hostilidade, Lula subiu ao palco e falou por menos de 20 minutos Citou Judiciário, Polícia Federal e imprensa ao comentar sua condenação. Abatido, o petista encerrou seu discurso dizendo-se triste pelas agressões sofridas pela caravana.




A caravana do petista segue agora para o Paraná. 

Informe seu Email para receber notícias :