linkaki

Lula e Dilma hostilizados São Vicente do Sul (RS), a 4.ª cidade da caravana da vergonha.



Os ex-presidentes Lula e Dilma voltaram a enfrentar protestos na manhã desta quarta-feira, dia 21, em São Vicente do Sul, durante mais uma etapa da caravana do petista pelo interior do Rio Grande do Sul.

A caravana do petista chegou na cidade por volta das 11hs30. Lula e Dilma foram recebidos com protesto de moradores e ruralistas da região. A comitiva do petista foi recepcionada pelos tradicionais gritos de "Fora Ladrão" e "Lula ladrão, seu lugar é na prisão". Os manifestantes soltavam fogos de artifício e ostentavam faixas em repúdio à presença dos petistas na cidade.

Lula e sua comitiva conseguiram entrar no campus do Instituto Federal Farroupilha, onde os manifestantes foram barrados pela brigada militar. Já no auditório e visivelmente irritado, Lula se queixou da recepção lá fora: "Não pensem que fico nervoso com essa gente gritando, não. Preconceito sempre existiu. Mas o que essa gente tem não é preconceito. É ódio", disse o petista.

"Vão mandar para nós um pedido de desculpas por tanta grosseria e tanta falta de respeito", discursou.



Haja resiliência. 

Informe seu Email para receber notícias :