linkaki

Lula, Dilma e outros seis petistas foram denunciados por organização criminosa. Estão todos soltos



No dia 05 de setembro de 2017, a Procuradoria-Geral da República apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma denúncia por organização criminosa contra os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, além de outros seis integrantes do PT

No documento enviado ao STF, a PGR denunciou ainda os ex-ministros Antonio Palocci, Guido Mantega, Gleisi Hoffmann, Paulo Bernardo e Edinho Silva, e o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores João Vaccari Neto.

A denúncia foi feira no âmbito da Operação Lava Jato que apurou que o grupo criminoso atuou para desviar dinheiro da Petrobras. Desde então, o caso que ficou parado mais de seis meses nas mãos do ministro do STF, Edson Fachin, ainda não gerou nenhum resultado concreto. Excetuando o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, todos demais denunciados continuam soltos, além de diversos outros petistas envolvidos em denúncias, como os senadores Lidbergh Farias, Humberto Costa, os ex-ministros Jauqes Wagner, José Dirceu, etc. A organização criminosa chefiada pelo ex-presidente Lula, é apontada como responsável por desvios bilionários na Petrobras. 

Informe seu Email para receber notícias :