linkaki

Lula avalia se entregar para a Polícia, dizem aliados



O ex-presidente Lula estaria avaliando qual situação causaria menos impacto em sua imagem nas circunstâncias de sua prisão que se avizinha, com a aproximação do dia do julgamento de seu embargo no TRF-$. Segundo a Folha, o petista já discute entre seus aliados o que deve fazer no dia que sua prisão for decidida.

"Segundo aliados, ex-presidente avalia hipótese de se apresentar, evitando imagens típicas de operação policial", diz matéria publicada na Folha esta manhã.

A publicação informa que, segundo pessoas próximas,  "O ex-presidente avalia a hipótese de se apresentar, evitando a produção de imagens negativas típicas de uma operação policial".

Há poucas semanas, o PT falava em mobilizar a militância e integrantes da CUT para cercar o prédio onde o petista mora em São Bernardo do Campo. A ideia era a de criar dificuldades para os agentes  no momento em que fossem cumprir o mandado de prisão, mas o receio agora é o de que Lula poderia perder o controle da situação ao ser conduzido por policiais.

Petistas estão a postos para acompanhar o ex-presidente. Segundo colaboradores, só Lula poderá tomar essa decisão, que dependerá de onde estiver no dia definido para o cumprimento da sentença.

Por uma feliz coincidência, Lula estará na região da Tríplice Fronteira entre Brasil Paraguay e Argentina, em Foz do Iguaçu (PR) no dia 26. Segundo Folha, "Neste mesmo dia o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª região), em Porto Alegre, realizará uma sessão extraordinária sobre o assunto. Cabe à corte decidir se Lula será preso ou não em segunda instância".

Informe seu Email para receber notícias :