linkaki

Fachin sepulta esperança de Lula se livrar da cadeia. Ministro do STF negou pedido de liberdade do petista



O ex-presidente Lula acaba de dar adeus a uma de suas últimas esperanças de se livrar da prisão. Na noite desta sexta-feira (16),O  o ministro do do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, negou os novos pedidos de liberdade apresentados pela defesa do petista. Relator da Lava Jato na Corte, Fachin e afirmou que não irá levar em mesa o habeas corpus do petista ao plenário do Supremo, como desejavam os petistas que fizeram romaria ao STF ao longo do último mês. Caso Fachin apresentasse o habeas corpus preventivo de Lula no plenário, eliminaria a necessidade da presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, pautar o caso.

A decisão de Fachin é um verdadeiro balde de água fria na esperança de Lula e de seus subordinados. Havia uma esperança de que a presidente da Corte não iria interferir na decisão de qualquer ministro em levar o caso ao plenário. Os petistas saíram bastante animados, após uma audiência na quarta-feira com Cármen Lúcia.

O habeas corpus preventivo de Lula  que Fachin se recusou a levar ao plenário era a garantia que o petista precisava para não ser preso após a conclusão do julgamento de recursos pelo Tribunal Regional Federal da 4ª.

Segundo Fachin, os argumentos apresentados pela defesa, alegando que Lula pode ser preso nos próximos dias após decisão do TRF-4 não são motivo para conceder uma liminar que garanta a liberdade o ex-presidente. O ministro fez questão de reafirmar que segue a favor da prisão após condenação em segunda instância. “Integro a corrente majoritária e não entendo existirem razões teóricas ou práticas para propor alterações de entendimento”.

Fachin também negou o pedido dos advogados para que levasse a análise do habeas corpus para a Segunda Turma do STF. Em outras palavras: tchau Lula!

Informe seu Email para receber notícias :