linkaki

Após mostrar bilhete aéreo para interromper julgamento de Lula, Marco Aurélio culpa Cármen Lúcia por desgaste do STF



Pivô da suspensão do julgamento do habeas corpus preventivo do ex-presidente Lula na última quinta-feira, 22, no Supremo Tribunal Federal, o ministro Marco Aurélio Mello agora tenta culpar a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia,  pelo desgaste excessivo do STF perante a opinião pública na manobra que livrou o ex-presidente Lula de ser preso esta semana. Segundo Marco Aurélio Mello, Cármen Lúcia errou ao antecipar o julgamento do habeas corpus do petista.

“O desgaste para o tribunal está terrível. Isso demonstra que a estratégia da presidente foi falha”, afirma. “Foi muito ruim julgarmos só o caso do ex-presidente. Agora estamos pagando um preço incrível”.

Havia a expectativa de que o julgamento seria concluído naquela quinta, mas o próprio ministro provocou a suspensão do julgamento ao sacar um bilhete aéreo do bolso, informando que "precisava pegar um voo para o Rio" e que já havia inclusive feito o chek-in para o voo.

Marco Aurélio reclamou das críticas e disse estar sendo “crucificado”. “Acabei pagando o pato. Outros três colegas tinham viagens marcadas na mesma noite”, defende-se. “Não podia deixar de cumprir um compromisso que assumi com antecedência”, argumenta.

O ministro tem sido bastante cobrado por seu gesto e teve que mudar seus números de telefone e contas de e-mail, após ser bombardeado por reclamações de cidadãos indignados com sua postura. 

Informe seu Email para receber notícias :