linkaki

A reação de Temer sobre a quebra de seu sigilo bancário determinado por Barroso: o presidente dará "total acesso" a seus extratos bancários



Na noite desta segunda-feira, 05, foi divulgada a informação de que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, determinou, pela primeira vez na história da República, a quebra do sigilo bancário de um presidente da República. A medida controversa criou polêmica, uma vez que a mesma medida nunca havia sido adotada em relação a ex-presidentes envolvidos em centenas de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, como Lula e Dilma.

Muitos esperavam uma reação furiosa do presidente Michel Temer, mas as expectativas contrárias acabaram se confirmando. Temer tem mantido uma postura de absoluto respeito às Instituições do país e por meio de nota do Palácio do Planalto, o presidente informou que dará "total acesso" a seus extratos bancários.

“O presidente Michel Temer solicitará ao Banco Central os extratos de suas contas bancárias referentes ao período mencionado hoje no despacho do eminente ministro Luís Roberto Barroso. E dará à imprensa total acesso a esses documentos. O presidente não tem nenhuma preocupação com as informações constantes em suas contas bancárias”, diz a nota oficial.

Informe seu Email para receber notícias :