linkaki

A mala da dinheiro de Roberto Barroso. Ministro do STF foi desmentido documentalmente por Reinaldo Azevedo



O jornalista Reinaldo Azevedo comprovou que o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luis Roberto Barroso, mentiu quando afirmou à colunista Mônica Bergamo, da Folha, sobre valores que recebeu R$ 46.800,00. por fora de de seus salário para dar uma palestra a um órgão público — o Tribunal de Contas do Estado. Segundo o jornalista, a ordem de serviço prova palestra e valor astronômico viola a Constituição, que proíbe que juiz receba dinheiro de um órgão público

Ao ser entrevistado pela jornalista Mônica Bergamo, da Folha e questionado sobre o pagamento exorbitante, Barroso tentou se esquivar:

“Não tenho a menor ideia de que valor é este. É um valor completamente fora do padrão, fora do que eu cobro.” disse Barroso, tentando dar uma 'corridinha' com o dinheiro fácil que ganhou de um estado pobre como Rondônia.  Parece desculpa de mensaleiro e da turma do petrolão: “Eu não sabia”, observa o jornalista Reinaldo Azevedo.

Na matéria publicada no site da RedeTV, Reinaldo apresenta uma cópia do documento público disponível no Diário Oficial e faz a seguinte observação: "Bem, abaixo vai a página do Tribunal de Contas de Rondônia, que oficializa a contratação sem licitação, já que o tribunal acha que Barroso é dotado de “notório saber jurídico”. Uma horinha a quase R$ 50 mil, com dinheiro saído dos cofres públicos para um homem que se mostra um fanático da probidade?

O carioca Roberto Barroso, indicado por Dilma, chegou ao STF graças à influência do ex-governador Sérgio Cabral.




Informe seu Email para receber notícias :